Menu
SADER_FULL
domingo, 21 de outubro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Até agosto propaganda política é vetada no rádio e na TV

2 Jul 2004 - 08h26
 

A partir de ontem e até o dia 17 de agosto, está proibida a veiculação, no rádio e na TV, de qualquer informação que tenha caráter de campanha e que favoreça candidatos a vereador e a prefeito. Neste período, a participação de candidatos em programas nesses órgãos deve se restringir a entrevistas jornalísticas, com as emissoras garantindo o princípio de igualdade entre os candidatos. As pesquisas de opinião, desde que registradas na Justiça Eleitoral, estão liberadas no período.

As informações foram dadas nesta manhã pelo juiz da 8ª Zona Eleitoral e encarregado da fiscalização, na Capital, da propaganda política no rádio e na TV, Luiz Gonzaga. Ele falou, em entrevista à rádio FM Capital, que a Justiça Eleitoral vai ser rígida com os candidatos e as próprias emissoras que desrespeitarem as regras que passaram a valer a partir de ontem. Gonzaga disse que, no caso dos candidatos, as penas podem variar de pesadas multas até a cassação das candidaturas e dos mandatos, no caso dos acusados serem eleitos.

O juiz falou que os candidatos que incorrerem nesses crimes eleitorais terão suas ações caracterizadas como abuso de poder político e econômico. Gonzaga assinalou, também, que a Justiça Eleitoral proíbe, no período, a divulgação de eventos relacionados a nomes de candidatos, como bingos, torneios de futebol e outras atividades em que os políticos se destacam como parceiros e deixam em evidência seus nomes. O juiz lembrou que, a partir da próxima terça-feira (6), ficam liberados, no entanto, a distribuição de panfletos políticos e as reuniões do gênero.

 

Mídia Max 

Deixe seu Comentário

Leia Também

DISPUTA ACIRRADA
Vox Populi: Distância cai para 6 pontos
AGRESSÃO
Justiça manda penhorar bens de Dado Dolabella para pagar indenização a camareira agredida
HOMICÍDIO - 17 TIROS
Empresário é morto com 17 tiros; acusados estão detidos
ACIDENTE DE TRANSITO
Carros capotam após batida; criança de 5 anos ficou ferida
POLITICA
TSE abre investigação para apurar suposto crime eleitoral de Bolsonaro
FAMOSIDADES
Jair Bolsonaro teria causado a separação de Neymar e Bruna Marquezine
NOVELA GLOBAL
Segundo Sol: Após suborno e tentativa de estupro, Remy se entrega a polícia para deixar Luzia livre
REALITY SHOW
Perlla é eliminada de A Fazenda com 22,64% dos votos
RETA FINAL
'Segundo sol': Antes de ir para a cadeia, Luzia pede: 'Continuem procurando por Remy! Ele está vivo!
CASO LETICIA
Adolescente morta a facadas contou a amigos que pai estuprou a tia na sua frente:'Tinha quatro anos'