Menu
SADER_FULL
sábado, 23 de março de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Ataques deixam pelo menos 15 mortos no Iraque

25 Set 2004 - 07h12
Ataques do exército norte-americano e de insurgentes iraquianos em dois pontos diferentes do Iraque mataram hoje pelo menos 14 pessoas. As mortes aconteceram em Bagdá e Faluja.

Em Bagdá, sete homens que tentavam alistamento na polícia iraquiana morreram em um ataque de rebeldes iraquianos. Um grupo de homens armados disparou contra um microônibus no qual viajavam as vítimas.

Em Faluja, 50 quilômetros a oeste de Bagdá, um bombardeio do exército dos EUA matou pelo menos oito pessoas, entre elas três crianças. Outras 15 ficaram feridas, informaram hoje fontes hospitalares e testemunhas.

O ataque aconteceu durante a noite e foi realizado por caças-bombardeiros, tanques e artilharia americana. Fontes militares afirmaram que os bombardeios tiveram como objetivo uma reunião de seguidores do terrorista jordaniano, Abu Musab Al-Zarqawi.

Ontem, quatro marines americanos morreram em dois ataques separados dos grupos insurgentes no oeste do Iraque. O anúncio só foi feito hoje, por um comunicado do comando militar americano.

 

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

MOSTRA MONITORAMENTO
Caminhoneiros se mobilizam para nova paralisação
CRIME NA MADRUGADA
Mulher é brutalmente assassinada; carro foi visto deixando o local
CRIMINOSO FORAGIDO
Homem invade apartamento para roubar e estupra adolescente
FAMOSIDADES
Leonardo não foi ao casamento da filha, Jéssica, porque se irritou com o "cache" recebido pelo casal
DOENÇA TERRIVEL
Jovem com câncer terminal foge de hospital, realiza desejo de comer hambúrguer e morre
SUICIDIO
Técnica de enfermagem tira a própria vida dentro de banheiro de hospital
PACOTE PÁSCOA NO CAMPO BELO RESORT
Campo Belo Resort com pacote especial para a PÁSCOA, Confira aqui e já faça sua reserva
CORAJOSA
Mulher reage a assalto e dá surra em bandido
DESUMANIDADE
Motorista morre em acidente com caminhão e carga de frango é saqueada
LOTERIA
Loterias do final de semana podem pagar mais de R$ 23 MILHÕES