Menu
SADER_FULL
domingo, 25 de agosto de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Assembléia deve votar amanhã seis vetos e três projetos

26 Mar 2007 - 10h28
Os deputados estaduais deverão analisar seis vetos do Poder Executivo e três projetos de lei, conforme a Ordem do Dia da sessão ordinária de amanhã. A Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) opinou pela rejeição de um e pela manutenção de cinco vetos.

A CCJR pediu a rejeição do veto total ao Projeto de Lei 076/04, de autoria do deputado estadual Pedro Teruel (PT), que dispõe sobre a proibição da instalação e funcionamento de incineradores de lixo, de origem doméstica e industrial, ou de resíduos de qualquer natureza no território de Mato Grosso do Sul.

A comissão emitiu parecer pela manutenção de quatro vetos totais e um parcial. O primeiro é o veto parcial ao PL 178/06, do deputado Zé Teixeira (PFL), que altera a Lei 3.074, de 5 de outubro de 2005, que permite a instalação de eliminadores de ar nos hidrômetros de água, conhecidos como papa-vento.

Deve ser mantido o veto a dois projetos do deputado Jerson Domingos (PMDB). O primeiro, de número 094/06 institui o desconto no Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). O segundo, PL 113/06, isenta do pagamento de quaisquer taxas para a obtenção de segunda via, de documentos expedidos pela administração pública estadual, aquelas pessoas que tiveram seus documentos roubados ou furtados.

Vai a votação o veto ao PL 037/06, de Akira Otsubo (PMDB), que institui o Programa Estadual de Atenção às Doenças da Boca e da Face no âmbito da Secretaria Estadual de Saúde. Já o PL 047/06, do deputado estadual Sérgio Assis (PSB), dispõe sobre a Farmacovigilância e o Programa de Farmácias Notificadoras, tornando compulsória as notificações de reações adversas e queixa técnica de medicamentos. Para derrubar cada veto, é necessário o apoio de 13 deputados estaduais.

PROJETOS - O PL 05/07, de Akira Otsubo, dispõe sobre a implantação de medidas preventivas às lesões por esforço repetitivo ou distúrbios osteomusculares relacionados ao Trabalho - LER/DORT em órgãos públicos.

O PL 06/07, de Marquinhos Trad (PMDB), cria a Delegacia Especial de Atendimento ao Idoso em Campo Grande. O PL 07/07, de Ari Artuzi (PMDB), cria o Selo Qualidade Artesanal. Os três projetos vão ser votados em primeira discussão e têm parecer favorável da CCJR.

Deixe seu Comentário

Leia Também

A CASA CAIU
Homem pede divórcio ao descobrir que não é pai de nenhum dos nove filhos
ESTADO GRAVE
Homem ateia fogo em mulher e filha de 4 anos 80% do corpo queimado
SURPRESA E FÉ
Homem que morava em uma barraca ganha casa reformada
JUSTIÇA PROPRIAS MÃOS
Suspeito de ter estuprado criança é assassinado por lideranças de bairro
ASSISTA A REPORTAGEM
Família da modelo Mylena Mendes, que morreu em acidente faz protesto no Fórum
NOVELA GLOBAL
Régis confessa que forjou DNA de Arthur em 'A dona do pedaço'
FOGO NA AMAZONIA
Macron diz que Bolsonaro mentiu, e Europa ameaça retaliar Brasil
TURISMO
Curtir a Cidade Maravilhosa com pacotes de viagens baratos
FUTEBOL - PAIXÃO NACIONAL
Uma estrutura confiável para resultados de futebol
POSSE DE ARMA
Posse de arma em toda extensão da fazenda é aprovada e segue para sanção