Menu
LIMIT ACADEMIA
quinta, 20 de junho de 2019
SADER_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Assembléia deve votar amanhã seis vetos e três projetos

26 Mar 2007 - 10h28
Os deputados estaduais deverão analisar seis vetos do Poder Executivo e três projetos de lei, conforme a Ordem do Dia da sessão ordinária de amanhã. A Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) opinou pela rejeição de um e pela manutenção de cinco vetos.

A CCJR pediu a rejeição do veto total ao Projeto de Lei 076/04, de autoria do deputado estadual Pedro Teruel (PT), que dispõe sobre a proibição da instalação e funcionamento de incineradores de lixo, de origem doméstica e industrial, ou de resíduos de qualquer natureza no território de Mato Grosso do Sul.

A comissão emitiu parecer pela manutenção de quatro vetos totais e um parcial. O primeiro é o veto parcial ao PL 178/06, do deputado Zé Teixeira (PFL), que altera a Lei 3.074, de 5 de outubro de 2005, que permite a instalação de eliminadores de ar nos hidrômetros de água, conhecidos como papa-vento.

Deve ser mantido o veto a dois projetos do deputado Jerson Domingos (PMDB). O primeiro, de número 094/06 institui o desconto no Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). O segundo, PL 113/06, isenta do pagamento de quaisquer taxas para a obtenção de segunda via, de documentos expedidos pela administração pública estadual, aquelas pessoas que tiveram seus documentos roubados ou furtados.

Vai a votação o veto ao PL 037/06, de Akira Otsubo (PMDB), que institui o Programa Estadual de Atenção às Doenças da Boca e da Face no âmbito da Secretaria Estadual de Saúde. Já o PL 047/06, do deputado estadual Sérgio Assis (PSB), dispõe sobre a Farmacovigilância e o Programa de Farmácias Notificadoras, tornando compulsória as notificações de reações adversas e queixa técnica de medicamentos. Para derrubar cada veto, é necessário o apoio de 13 deputados estaduais.

PROJETOS - O PL 05/07, de Akira Otsubo, dispõe sobre a implantação de medidas preventivas às lesões por esforço repetitivo ou distúrbios osteomusculares relacionados ao Trabalho - LER/DORT em órgãos públicos.

O PL 06/07, de Marquinhos Trad (PMDB), cria a Delegacia Especial de Atendimento ao Idoso em Campo Grande. O PL 07/07, de Ari Artuzi (PMDB), cria o Selo Qualidade Artesanal. Os três projetos vão ser votados em primeira discussão e têm parecer favorável da CCJR.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MILIONARIO
Apostador de Osasco-SP acerta dezenas e leva R$ 124 milhões da Mega-Sena
VIOLENCIA DOMESTICA
Jovem que agrediu a própria mãe por não poder ir a baile funk é presa
ATAQUE CANINO
Criança de dois anos é morta no quintal de casa por cachorro rottweiler
INFANTICIDIO
Padrasto teria sentado em cima da cabeça de bebê que morreu,foi espancado na cadeia
SOB INVESTIGAÇÃO
Jornalista do site Lei Seca Maricá foi assassinado com 3 tiros
VIDA SEDENTARIA
OMS alerta: Criança menor de 3 anos não deve ficar nem um minuto em tablet ou celular
HOMICIDIO X SUICIDIO
Pai que matou o filho de 4 anos e se matou não se conformava com namoro da ex-mulher
DOENÇA DO SÉCULO
Jovem de 19 anos, com depressão comete suicídio e comove amigos
ASSASSINATO CRUEL
O massacre do menino Rhuan e o silêncio da grande mídia
FAMOSIDADES
Homem discute com mulher e mata bebê de quatro meses