Menu
LIMIT ACADEMIA
sábado, 17 de novembro de 2018
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Assembléia deve votar amanhã seis vetos e três projetos

26 Mar 2007 - 10h28
Os deputados estaduais deverão analisar seis vetos do Poder Executivo e três projetos de lei, conforme a Ordem do Dia da sessão ordinária de amanhã. A Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) opinou pela rejeição de um e pela manutenção de cinco vetos.

A CCJR pediu a rejeição do veto total ao Projeto de Lei 076/04, de autoria do deputado estadual Pedro Teruel (PT), que dispõe sobre a proibição da instalação e funcionamento de incineradores de lixo, de origem doméstica e industrial, ou de resíduos de qualquer natureza no território de Mato Grosso do Sul.

A comissão emitiu parecer pela manutenção de quatro vetos totais e um parcial. O primeiro é o veto parcial ao PL 178/06, do deputado Zé Teixeira (PFL), que altera a Lei 3.074, de 5 de outubro de 2005, que permite a instalação de eliminadores de ar nos hidrômetros de água, conhecidos como papa-vento.

Deve ser mantido o veto a dois projetos do deputado Jerson Domingos (PMDB). O primeiro, de número 094/06 institui o desconto no Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). O segundo, PL 113/06, isenta do pagamento de quaisquer taxas para a obtenção de segunda via, de documentos expedidos pela administração pública estadual, aquelas pessoas que tiveram seus documentos roubados ou furtados.

Vai a votação o veto ao PL 037/06, de Akira Otsubo (PMDB), que institui o Programa Estadual de Atenção às Doenças da Boca e da Face no âmbito da Secretaria Estadual de Saúde. Já o PL 047/06, do deputado estadual Sérgio Assis (PSB), dispõe sobre a Farmacovigilância e o Programa de Farmácias Notificadoras, tornando compulsória as notificações de reações adversas e queixa técnica de medicamentos. Para derrubar cada veto, é necessário o apoio de 13 deputados estaduais.

PROJETOS - O PL 05/07, de Akira Otsubo, dispõe sobre a implantação de medidas preventivas às lesões por esforço repetitivo ou distúrbios osteomusculares relacionados ao Trabalho - LER/DORT em órgãos públicos.

O PL 06/07, de Marquinhos Trad (PMDB), cria a Delegacia Especial de Atendimento ao Idoso em Campo Grande. O PL 07/07, de Ari Artuzi (PMDB), cria o Selo Qualidade Artesanal. Os três projetos vão ser votados em primeira discussão e têm parecer favorável da CCJR.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVO GOVERNO
Desistência de general para ministério leva crise ao QG de Bolsonaro
ASSASSINATO
Câmeras flagram dupla efetuando mais de 30 tiros contra homem; veja o vídeo
TRISTEZA
Menino de 10 anos comete suicídio após a prisão do pai
MALDADE
Câmera de segurança flagra homem colocando fogo em casinha comunitária para cachorros
FATIMASSULENSES EM UBATUBA (SP)
Fatimassulenses, alunos do Vicente Pallotti fazem curso de biodiversidade marinha em Ubatuba (SP)
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Gabriel se declara para Luz e os dois se beijam
MULHERES TEM QUE DENUNCIAR
Jovem posta foto com rosto inchado para denunciar agressão do namorado
ENCONTRO DE GOVERNADORES
Em encontro de governadores com Bolsonaro, Reinaldo defende fronteira e reajuste da tabela SUS
VIOLENCIA DOMESTICA
Homem é esfaqueado por esposa que tem ciumes até da sombra
ENTROU ATIRANDO
VÍDEO: Pastor é baleado no altar durante o culto