Menu
SADER_FULL
terça, 19 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Artuzi sofre ameaças de morte e é transferido de delegacia

25 Set 2010 - 07h34Por Campo Grande News

O prefeito de Dourados, Ari Artuzi (sem partido), preso sob acusação de chefiar um esquema de corrupção, não está mais na 3ª Delegacia de Polícia Civil em Campo Grande. Segundo a assessoria de imprensa da Corporação, ameaças de morte feitas ao prefeito motivaram a transferência.

O delegado Jefferson Luppe informou que o local para o qual ele foi transferido não será divulgado, por motivo de segurança. Ele não esclareceu que tipo de ameaças, mas disse que foram várias.

Artuzi estava na delegacia, no bairro Carandá, desde o dia primeiro de setembro, quando foi preso pela Polícia Federal acusado de uma série de crimes envolvendo o desvio de dinheiro público.

Na delegacia, a única informação é que ele não está mais no local. O advogado de Artuzi disse que não solicitou a transferência é que ela foi uma medida da própria Polícia Civil.

O Campo Grande News apurou que ele não está em presídios e que um dos lugares possíveis é na delegacia do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos, Assaltos e Sequestros).

Deixe seu Comentário

Leia Também

ACIDENTE FATAL
Adolescente é atropelada quando levava pai em cadeira de rodas, veja o vídeo
VIOLENCIA DOMESTICA
'Não consigo reconhecê-la', diz irmão de mulher espancada no 1° encontro
O REI ROBERTO CARLOS
Roberto Carlos vestiu rosa e se mostrou contrário a projeto de Jair Bolsonaro
BRIGA NO PLANALTO
Magoado e traído, Bebianno não vai poupar filho de Bolsonaro
TRÁGICO
Mãe do piloto de Ricardo Boechat morre três dias após o filho
OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário