Menu
SADER_FULL
segunda, 18 de fevereiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
URAGANO

Artuzi levava R$ 500 mil por mês, revela Passaia

2 Set 2010 - 07h25Por Dourados Informa

Durante entrevista coletiva convocada pela Polícia Federal para divulgar dados sobre a Operação “Uragano”, que significa “Furacão” em italiano, deflagrada no início da manhã de hoje em Dourados, a grande surpresa foi a presença do Secretário de Governo de Dourados, Eleandro Passaia, que auxiliou a PF nas investigações.

Segundo Passaia, o prefeito Ari Artuzi recebia por mês, cerca de R$ 500 mil em propinas e parte desse dinheiro era destinado a vereadores que compactuavam com ele no esquema de corrupção.

“O Ari desviou R$ 100 mil do Hospital Evangélico e o que me revoltou muito foi que parte deste recurso foi empregada em uma cirurgia estética feita pela primeira dama e no outro dia uma criança ficou cega porque faltou atendimento hospitalar”.

As investigações tiveram início em maio e nestes cinco meses várias transações foram gravadas onde o prefeito aparece recebendo dinheiro,

Ameaças
Passaia revelou durante a entrevista que recebeu várias ameaças por telefone durante a manhã de hoje e afirmou que não vai se calar diante delas.

“Já recebi várias ameaças durante a manhã de hoje e se eu tivesse medo não teria feito o que fiz (...) com isso tudo encontrei algo que tinha perdido há muito tempo, o meu coração livre (...) me ofereceram de 70 a 100 mil e não aceitei”, disse emocionado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ACIDENTE FATAL
Adolescente é atropelada quando levava pai em cadeira de rodas, veja o vídeo
VIOLENCIA DOMESTICA
'Não consigo reconhecê-la', diz irmão de mulher espancada no 1° encontro
O REI ROBERTO CARLOS
Roberto Carlos vestiu rosa e se mostrou contrário a projeto de Jair Bolsonaro
BRIGA NO PLANALTO
Magoado e traído, Bebianno não vai poupar filho de Bolsonaro
TRÁGICO
Mãe do piloto de Ricardo Boechat morre três dias após o filho
OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário