Menu
SADER_FULL
terça, 22 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Área de arroz no Rio Grande do Sul terá queda de 8,6%

27 Set 2004 - 15h18
O Instituto Riograndense do Arroz (Irga) confirmou na sexta-feira (24-09) a redução de plantio de arroz na safra 2004/2005 devido à deficiência hídrica na Fronteira-Oeste, região que detém 29% da lavoura produzida no Estado.

Conforme o presidente da entidade, Pery Coelho, a queda de 30% na região provocará retração de 90 mil hectares no Rio Grande do Sul. A área total estimada com a cultura é de 950 mil ha, o que significa uma redução de 8,6%. No ano passado foram 1,040 milhão de ha plantados (com área de colheita de 1,030 milhão de ha devido à chuva).

"Ainda restam 90 dias para o plantio do arroz. Destes três meses, 60 dias são de período ideal. Se a projeção de chuva normal no período de primavera se concretizar, é possível recuperar esse número", garantiu sobre o plantio na Fronteira-Oeste. As demais regiões apresentaram equilíbrio. De acordo com o dirigente, a Zona Sul, que responde por 18% do plantio, terá acréscimo de 3,7% na área de semeadura.

O anúncio ocorreu durante a reunião da Câmara Setorial do Arroz, na 1ª Abertura Oficial do Plantio do Arroz, que ocorreu até ontem (26-09) em Tapes.
 
 
 
Agrolink

Deixe seu Comentário

Leia Também

CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação