Menu
SADER_FULL
quarta, 23 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Aprovado parcelamento do crédito agrícola

19 Ago 2004 - 14h50

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) obteve uma vitória para o produtor rural, com a aprovação do mecanismo de custeio estendido para a próxima  safra.

A proposta aprovada na 2º reunião da Câmara Temática de Financiamento e Seguro do Agronegócio realizada nesta quarta-feira, em Brasília, possibilita  que o débito seja pago pelo produtor em quatro parcelas, divididas em período de até 90 dias depois de encerrada a colheita.

Segundo Ari Basso, vice-presidente da Famasul (Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul) e presidente da Comissão de Agricultura de Ma to Grosso do Sul, o pagamento em uma parcela era impraticável. “Na verdade, nós (CNA e Famasul) pleiteávamos o parcelamento em cinco vezes, mas as quatro parcelas já atendem nossa necessidade”. De acordo com Basso, o custeio estendido evita a pressão da indústria sobre o produtor, forçando a venda abaixo do preço esperado.

O custeio estendido havia sido proibido desde junho, quando o Banco Central editou a Resolução 3.208, de 24/06/2004, na qual os produtores de soja poderiam solicitar apenas o custeio tradicional, com pagamento da dívida em uma só vez, tão logo encerrada a colheita.

De acordo com informações divulgadas pela CNA, o presidente da Comissão Nacional de Crédito Rural da CNA, Carlos Sperotto, que fez a proposta à Câmara Temática, afirmou que, no caso da adoção do custeio tradicional , haveria forte oferta na época de colheita, pois os produtores teriam de vender rapidamente o produto para pagar a dívida contratada com os bancos, o que iria derrubar os preços.

 

Esperotto ressaltou que, sem a necessidade de quitar a dívida de uma só vez o produtor terá mais tranqüilidade para vender sua produção, dando maior estabilidade aos preços de negociação de soja na colheita do próximo ano.

A Câmara Temática faz parte do Conselho do Agronegócio (Consagro), órgão consultivo vinculado ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

 

Famasul

Deixe seu Comentário

Leia Também

PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho