Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 17 de dezembro de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Aprovação do governo Lula sobe quase 9 pontos, diz pesquisa

10 Ago 2004 - 13h42
A recuperação da economia teve reflexo na avaliação positiva do governo federal e do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A última pesquisa do Instituto Sensus encomendada pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT), divulgada hoje, revelou um salto de 8,8 pontos percentuais na soma dos que consideram a administração petista ótima ou boa. Em junho, o percentual era de 29,4%. Em agosto, passou para 38,2%.

A avaliação negativa do governo sofreu queda, de 24,1% para 17,7%. Este é o melhor desempenho do governo desde março. Já a avaliação regular passou de 44,2% para 40,8% neste mês. O número de pessoas que não souberam responder caiu de 8,3% para 9,2%. "Foi um aumento significativo em apenas 45 dias", disse a jornalistas Clesio Andrade, presidente da CNT.

Apesar da recuperação na avaliação positiva do governo, que estava em queda há alguns meses, o resultado atual ainda ficou abaixo do verificado durante o primeiro ano de governo e em fevereiro de 2004, quando a avaliação positiva ficou em 39,9% e a negativa, em 15,1%.

Conforme a CNT, a recuperação na avaliação do governo se deve aos atuais indicadores de emprego, saúde e educação. Nos últimos meses, a economia tem apresentado uma recuperação maior do que a esperada, demonstrada por indicadores como vendas no varejo e produção industrial. Como consequência, o desemprego começou a cair. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o desemprego recuou de 13,1% para 11,7% em junho.

Sobre a política-econômica do governo federal, 38,7% dos pesquisados acham que ela está no caminho certo, mas 41,7% disseram que a política-econômica está errada, enquanto 19,7% não souberam responder.

Desempenho pessoal de Lula
Quanto ao desempenho pessoal do presidente, a pesquisa também indicou melhora nos dados. A aprovação de Lula subiu quatro pontos: de 54,1% para 58,1%. A desaprovação reduziu de 37,6% pra 32,8%, uma queda de 4,8 pontos percentuais. Porém, em fevereiro, a aprovação do presidente era de 65,3%.

Com relação à pergunta se o presidente estava cumprindo as promessas de campanha, 36,7% disseram que sim, 55,2% responderam que não e 8,2% não souberam responder.

Lula venceria em supostas eleições
Se a eleição presidencial fosse hoje, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva venceria nas duas simulações feitas pela pesquisa CNT/Sensus.

Na primeira simulação, Lula teria 34,4% das intenções de voto, contra 15,3% de Ciro Gomes, 13,8% de Anthony Garotinho, 11,7% de Geraldo Alckmin, 1,1% dos outros candidatos. 23,9% disseram estar indecisos, votariam em brancos ou anulariam o voto.

No segundo cenário, Lula teria 33,5% dos votos, contra 16,4% de Ciro, 15,7% de Garotinho, 6,3% de Tarso Genro, 1,2% dos outros candidatos, e 27% de indecisos e votos brancos e nulos.

Indicadores sociais
Na área social, 40,5% acham que o governo federal está no caminho certo, mas quase o mesmo número de entrevistados, 39,7%, acreditam que o governo está no caminho errado. 19,9% não souberam responder.

Com relação à saúde pública, os brasileiros pesquisados mostraram que houve um aumento na avaliação positiva, que subiu de 22,7% para 27,7%. O mesmo ocorreu com a educação, que passou de 29,1% para 38,3%.

Além disso, a pesquisa CNT mostra que o número de brasileiros que teve um aumento de renda nos últimos seis meses cresceu um ponto percentual, subindo para 15,9%. Já o número de pessoas que acha que sua renda irá melhorar nos próximos seis meses passou de 35,1% para 37,9%.

A pesquisa foi realizada entre os dias 3 e 5 de agosto com 2 mil pessoas das cinco Regiões do País. A margem erro é de até três pontos percentuais, e a confiabilidade da pesquisa é de 95%.

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Sóstenes cometeu crime por amor a Luz
ABUSO SEXUAL
João de Deus se entrega para a polícia
ACIDENTE
Criança de dois anos se enforca com a alça da bolsa enquanto brincava em escola
CASO JOÃO DE DEUS
Marina Ruy Barbosa intervém no caso João de Deus e impede uma grande tragédia
PRISÃO DECRETADA
Justiça de Goiás decreta prisão de João de Deus
STARTUPS NO BRASIL JÁ É SUCESSO
O sucesso das startups no Brasil e algumas novas apostas no mercado
REVOLTANTE
Filha de João de Deus diz que foi abusada dos 10 aos 14 anos: 'Meu pai é um monstro'
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Robério beija Marcos Paulo e a agride ao descobrir que ela é trans
DESTAQUE MUNDIAL
Dois brasileiros estão no Top 50: melhores professores do mundo
JUSTIÇA - WHATSAPP
Administradora de grupo no WhatsApp, foi “condenada” á pagar 3 mil por discussão de membros