Menu
LIMIT ACADEMIA
quinta, 16 de agosto de 2018
SADER_FULL
Busca
DR. SHAPE
Brasil

Após retirada de Vioxx, Pfizer analisará Celebrex

18 Out 2004 - 15h45
A empresa farmacêutica Pfizer anunciou hoje que patrocinará um amplo estudo para avaliar se seu remédio contra a artrite, Celebrex, apresenta riscos cardiovasculares, depois dos problemas apresentados pelo produto concorrente Vioxx, retirado do mercado. O Celebrex é usado para aliviar a dor dos que sofrem de artrite e está disponível para venda em 60 países, mas não no Brasil.

O estudo, que será realizado por universidades e hospitais em todo o mundo, deve começar no começo de 2005, segundo um comunicado da empresa, que se diz confiante em seu produto. Cerca de quatro mil pessoas que tiveram ataques cardíacos recentes e têm um histórico médico de artrite participarão.

O anúncio do estudo é feito dias depois que a companhia Merck anunciou a retirada do mercado de seu produto contra artrite, o Vioxx, já que uma pesquisa mostrou que aumentava o risco de um ataque cardíaco em pacientes que o usavam por mais de 18 meses. A retirada do mercado do Vioxx gerou dúvidas sobre remédios de criação recente e fez a Pfizer revisar dados sobre outro remédio seu, o Brextra.

Na sexta-feira passada, a Pfizer informou que revisou seus dados clínicos com oito mil pacientes e não encontrou risco de incidentes cardíacos nos que usavam esse remédio.

No entanto, a empresa informou que dois pequenos testes clínicos mostraram que pacientes que tinham recebido pontes coronárias e tomavam o Bextra tinham um maior risco de sofrer complicações cardíacas. Além disso, advertiu que o Bextra pode causar uma rara reação alérgica, conhecida como "síndrome Stevens-Johnson", e que em casos extremos pode causar a morte. As notícias sobre o Bextra fizeram temer que se abandone o projeto de uma versão intravenosa atualmente em pesquisa.

Vioxx, Celebrex e Bextra são inibidores baseados no mesmo tipo de enzima, a COX-2.

 

EFE

Deixe seu Comentário

Leia Também

TECNOLOGIA
Segunda via do RG pode ser solicitada pela internet
BOA AÇÃO
Empresário curado faz doação milionária para hospital público
VIOLENCIA
Homem desce do carro e mata mulher com tiro a queima roupa
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Laureta confessa que matou Remy; Karola foi cúmplice
PRESO EM 2010
Morre o homem apontado como maior contrabandista de cigarros do País
ELEIÇÕES 2018 - REGISTRO FEITO
AGORA: PT registra candidatura de Lula e tem até 17 de setembro para trocar candidato
BRIGA DE FAMILIA
Briga de irmãos termina com faca cravada na cabeça de jovem adolescente
NOVELA GLOBAL
Em 'Segundo sol', Zefa rompe com Severo: 'Você não merece nada de bom de mim!'
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Roberval é traficante de diamante
NOVELA DA RECORD
Herodíade diz que foi agarrada por Batista e Joana a chama de mentirosa.