Menu
SADER_FULL
sexta, 15 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Após esnobar o Fla, Chamusca já corre risco no ABC

5 Ago 2004 - 13h23

Após ter recusado uma proposta do Flamengo, Péricles Chamusca completou contra o Atlético-PR a terceira partida no comando do São Caetano. Com a segunda derrota, a primeira em casa, o técnico foi muito criticado pelos 951 pagantes que compareceram ao Anacleto Campanella.

Os torcedores, em boa parte da organizada Comando Azul, pediram sua saída e gritaram o nome do ex-treinador Muricy Ramalho.

Além disso, as faixas da torcida foram viradas de cabeça para baixo, como protesto.

O treinador preferiu dirigir a equipe do ABC paulista porque acredita que assim poderá subir gradativamente na carreira. Pesou, também, o fato de achar que sofreria menos pressão no São Caetano, que é menos tradicional e tem menor torcida que o time do Rio de Janeiro.

Mas o que se viu após a derrota para a equipe paranaense não foi bem isso. O São Caetano já está no terceiro técnico do ano e não é mais o mesmo time que mantinha técnicos em nome do "projeto" como aconteceu com Jair Picerni.

 

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário
HORARIO DE VERÃO
Atrase seu relógio! Horário de verão termina neste sábado(16)
CARCERE PRIVADO
Mulher é chicoteada com fio elétrico pelo marido
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Lutador de MMA mata ex de 16 anos, tenta suicídio e morre horas depois em hospital
VIOLENCIA NO RIO
Menina de 11 anos é baleada e morta em Triagem; moradores protestam
DOENÇA GRAVE
Leiliane ganha acompanhamento médico após desastre com Boechat
SOLIDARIEDADE
Jovem faz campanha para pagar cirurgia de cachorro que vive com tumor 'gigante'