Menu
LIMIT ACADEMIA
quinta, 16 de agosto de 2018
SADER_FULL
Busca
DR. SHAPE
Brasil

Após esnobar o Fla, Chamusca já corre risco no ABC

5 Ago 2004 - 13h23

Após ter recusado uma proposta do Flamengo, Péricles Chamusca completou contra o Atlético-PR a terceira partida no comando do São Caetano. Com a segunda derrota, a primeira em casa, o técnico foi muito criticado pelos 951 pagantes que compareceram ao Anacleto Campanella.

Os torcedores, em boa parte da organizada Comando Azul, pediram sua saída e gritaram o nome do ex-treinador Muricy Ramalho.

Além disso, as faixas da torcida foram viradas de cabeça para baixo, como protesto.

O treinador preferiu dirigir a equipe do ABC paulista porque acredita que assim poderá subir gradativamente na carreira. Pesou, também, o fato de achar que sofreria menos pressão no São Caetano, que é menos tradicional e tem menor torcida que o time do Rio de Janeiro.

Mas o que se viu após a derrota para a equipe paranaense não foi bem isso. O São Caetano já está no terceiro técnico do ano e não é mais o mesmo time que mantinha técnicos em nome do "projeto" como aconteceu com Jair Picerni.

 

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

TECNOLOGIA
Segunda via do RG pode ser solicitada pela internet
BOA AÇÃO
Empresário curado faz doação milionária para hospital público
VIOLENCIA
Homem desce do carro e mata mulher com tiro a queima roupa
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Laureta confessa que matou Remy; Karola foi cúmplice
PRESO EM 2010
Morre o homem apontado como maior contrabandista de cigarros do País
ELEIÇÕES 2018 - REGISTRO FEITO
AGORA: PT registra candidatura de Lula e tem até 17 de setembro para trocar candidato
BRIGA DE FAMILIA
Briga de irmãos termina com faca cravada na cabeça de jovem adolescente
NOVELA GLOBAL
Em 'Segundo sol', Zefa rompe com Severo: 'Você não merece nada de bom de mim!'
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Roberval é traficante de diamante
NOVELA DA RECORD
Herodíade diz que foi agarrada por Batista e Joana a chama de mentirosa.