Menu
SADER_FULL
segunda, 18 de fevereiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Após beber cerveja, homem desmaia e acorda no Paraguai

13 Set 2010 - 08h14Por Campo Grande News

Um homem de 49 anos estava bebendo cerveja num bar em Ponta Porã, na tarde de sábado, desmaiou e acordou hoje em território paraguaio. Em ocorrência registrada na 1ª Delegacia de Polícia Civil da cidade, a vítima disse que não sabe como foi parar no local e que também teve sua moto Honda Titan, placas HSP-9087, furtada.

Ele contou à polícia que quando bebia no bar uma mulher que vendia CDs chegou ao local e lhe ofereceu os discos. Como se interessou por alguns e não tinha dinheiro, ele foi com a moto até um banco sacar dinheiro e retornou ao bar instantes depois.

Ao chegar no bar, a vítima estacionou a moto em frente ao estabelecimento e foi até a mesa em que estava sentado. A mulher que vendia os discos se aproximou novamente da vítima e vendeu os CDs.

Após a compra dos CDs, o homem foi ao banheiro e acabou desmaiando. Hoje, ao recobrar os sentidos ele percebeu que estava em Pedro Juan Caballero, mas relatou à polícia que não sabe como foi parar no local.

Ele acredita que a mulher que vendia os CDs pode ter colocado alguma droga em seu copo de cerveja e que também pode ter furtado a moto.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ACIDENTE FATAL
Adolescente é atropelada quando levava pai em cadeira de rodas, veja o vídeo
VIOLENCIA DOMESTICA
'Não consigo reconhecê-la', diz irmão de mulher espancada no 1° encontro
O REI ROBERTO CARLOS
Roberto Carlos vestiu rosa e se mostrou contrário a projeto de Jair Bolsonaro
BRIGA NO PLANALTO
Magoado e traído, Bebianno não vai poupar filho de Bolsonaro
TRÁGICO
Mãe do piloto de Ricardo Boechat morre três dias após o filho
OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário