Menu
SADER_FULL
quarta, 20 de fevereiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Apenas dois mil estudantes terão direito de refazer Enem, diz MEC

8 Nov 2010 - 14h36Por G1

A assessoria do Ministério da Educação (MEC) informou na manhã desta segunda-feira (8) que prevê que cerca de 2 mil pessoas tenham direito a refazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), devido a erros na impressão de cadernos de prova e cartões de resposta. Segundo o MEC, o exame deve ser reaplicado para essas pessoas entre o fim de novembro e o começo de dezembro de 2010.

Confira perguntas e respostas sobre os principais problemas do Enem Problemas de impressão marcam Enem 2010 Estudantes reclamam de confusão em prova amarela do Enem Escritor reclama que Enem errou ao citar trecho de livro Segundo informações do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), um lote inferior a 1% do total das provas do caderno amarelo teve problemas na impressão. Dos estudantes que receberam essas provas, a grande maioria teria recebido um novo exemplar do caderno de questões. O Inep também informou que a minoria desses estudantes não teve o caderno substituído ou se recusou a substituir a prova.

Estudantes que participaram do Enem neste sábado (6), em especial aqueles que fizeram a prova amarela, reclamaram de vários problemas na prova, tais como questões diferentes com a mesma numeração e erro na impressão na folha de respostas.

O MEC também informou que, devido aos problemas com o Enem, o ministro Fernando Haddad desistiu de fazer a viagem que estava programada para esta semana em Moçambique, na qual acompanharia o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Lula embarcou para Maputo, capital de Moçambique, na manhã desta segunda.

O Inep deve receber ainda nesta segunda-feira o relatório de aplicação das provas, que indicará possíveis prejudicados no exame, realizado no último final de semana.

O presidente do Inep, Joaquim José Soares Neto disse neste domingo (7) que o órgão vai abrir na quarta-feira (10) uma página na internet para reclamações de estudantes que se sentiram prejudicados com os erros no caderno de respostas do primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O espaço funcionará até o dia 16.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CHANTAGEM
Ladrões invadem estabelecimentos, obrigam funcionárias a tirarem a roupa, filmam e extorquem vítimas
FORAGIDO
Atirador invade escritório de advocacia e mata duas pessoas
BBB 19
Rízia chora por estar acorrentada: 'Vontade de desistir'
LARANJADA
Deputados do PSOL distribuem laranjas na chegada de Bolsonaro à Câmara
AMOR A PROFISSÃO
Pedreira caprichosa viraliza com trabalho detalhista e ganha novos clientes
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
O Boticário apresenta Quasar Brave, venha conferir no O Boticário em Fátima do Sul
SUPERAÇÃO
Jovem que morou 5 anos nas ruas se forma em Direito
FENÔMENO
Maior superlua de 2019 iluminará o céu nesta terça, 19
FAMOSIDADES
Padre sertanejo acusado de ostentação cobra entrada de idosos para assistir programa
ACIDENTE FATAL
Adolescente é atropelada quando levava pai em cadeira de rodas, veja o vídeo