Menu
SADER_FULL
segunda, 18 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Aparição de Saddam atrai ódio e admiração no Iraque

2 Jul 2004 - 10h43
Iraquianos viram pela tevê imagens de Saddam Hussein num tribunal. Muitos ficaram preocupados com o efeito delas no país; outros ficaram admirados com o controle que o ex-ditador pareceu exercer no ambiente. Alguns denunciaram o procedimento como uma "propaganda americana", enquanto outros viram um sinal de justiça.

Em Ramadi, uma cidade sunita na região central iraquiana cujo apoio ao também sunita Saddam era grande, Odai Faleh afirmou que as pessoas tinham "uma vida melhor na época de Saddam", referindo-se à deteriorada situação de segurança. "Queremos um julgamento justo, no qual Saddam possa falar e se defender contra as acusações fabricadas apresentadas contra ele. Saddam punia apenas pessoas que queriam desestabilizar o país."

Em Faluja, bastião da resistência antiamericana a oeste de Bagdá, Ammar Mohammed disse que os Estados Unidos deveriam ser julgados primeiro porque eles "mataram milhares de iraquianos em um ano de ocupação".

Em Basra, ver Saddam na tevê apenas reforçou o ódio de alguns pelo líder deposto. O engenheiro Asaad Aziz opinou que Saddam deveria ser executado. Segundos mais tarde, ele elaborou seus comentários. "Antes de tudo, ele deveria ser colocado em uma jaula de metal e exibido por todas as cidades iraquianas para que os milhões de pessoas famintas, roubadas, espancadas, isoladas e torturadas por seu regime pudessem encarar o responsável por seu sofrimento", opinou.

 

Estadão

Deixe seu Comentário

Leia Também

ACIDENTE FATAL
Adolescente é atropelada quando levava pai em cadeira de rodas, veja o vídeo
VIOLENCIA DOMESTICA
'Não consigo reconhecê-la', diz irmão de mulher espancada no 1° encontro
O REI ROBERTO CARLOS
Roberto Carlos vestiu rosa e se mostrou contrário a projeto de Jair Bolsonaro
BRIGA NO PLANALTO
Magoado e traído, Bebianno não vai poupar filho de Bolsonaro
TRÁGICO
Mãe do piloto de Ricardo Boechat morre três dias após o filho
OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário