Menu
SADER_FULL
segunda, 20 de agosto de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Anvisa proíbe expressão "mata tudo" em embalagens

8 Jul 2004 - 15h47
A partir de março de 2005, não serão mais vendidos inseticidas que tenham em suas embalagens a expressão "mata-tudo". A Anvisa e a Associação Brasileira de Aerossóis e Saneantes (Abas) acordaram que a produção dessas embalagens será extinta em setembro de 2004 e a comercialização em março do próximo ano.

A expressão muito utilizada como nome comercial dos inseticidas pode passar uma falsa expectativa ao consumidor de que o produto vai combater além de baratas, mosquitos e outros insetos, animais que também são comuns em residências, como aranhas e escorpiões. Para evitar esse tipo de confusão, o nome "mata-tudo" será banido do mercado brasileiro.
 
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSIDADE - SUSPIROS
Sem calcinha, Juju Salimeni compartilha foto ousada
VICENTINA - ALMOÇO NO PESQUEIRO
Confira o cardápio do delicioso almoço neste domingo no Pesqueiro 7 Bello em VICENTINA
CRIME PASSIONAL
Marido flagra esposa com suposto amante e caso termina em morte
NOVELA GLOBAL
Remy pode não ter morrido em 'Segundo sol'; veja os indícios
TECNOLOGIA
Segunda via do RG pode ser solicitada pela internet
BOA AÇÃO
Empresário curado faz doação milionária para hospital público
VIOLENCIA
Homem desce do carro e mata mulher com tiro a queima roupa
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Laureta confessa que matou Remy; Karola foi cúmplice
PRESO EM 2010
Morre o homem apontado como maior contrabandista de cigarros do País
ELEIÇÕES 2018 - REGISTRO FEITO
AGORA: PT registra candidatura de Lula e tem até 17 de setembro para trocar candidato