Menu
SADER_FULL
segunda, 25 de março de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Anvisa determina apreensão de medicamento sem registro

28 Ago 2004 - 10h08
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou a apreensão do medicamento Solução Antimiódica, fabricado pela empresa Fuzan do Brasil Ltda. O produto não possui registro, portanto, sua eficácia e qualidade não são garantidas. A solução estava sendo vendida para tratamento de micose.

Interdição – O lote nº 0803 do álcool etílico Hidralcol, produzido pela indústria Archote Indústria Química Ltda e usado como desinfectante hospitalar, está interditado cauterlarmente. A medida da agência foi baseada em análise do Laboratório Central do Paraná, que constatou graduação alcoólica abaixo do especificado e problemas na rotulagem dos produtos.

O medicamento da empresa Fuzan deve ser recolhido imediatamente do mercado e o lote do Hidralcol está interditado por 90 dias, período em que não poderá ser vendido nem consumido. Os estabelecimentos que descumprirem as determinações estarão sujeitos às penalidades previstas na Lei nº 6.437/77, como notificação, autuação e multas que variam de R$ 2 mil a R$ 1,5 milhão. Cabe às vigilâncias locais a fiscalização do cumprimento das resoluções.
 
Agência Saúde

Deixe seu Comentário

Leia Também

FATIMA DO SUL - JULIFRAN
Julifran Restaurante promete chopp grátis a cada gol de Borja sobre Novorizontino
BONITO - MS - AGÊNCIA BONITO ECO TOUR
Faça o que lhe faz bem! Viaje para Bonito MS!
CIUMES
Marido vê foto de outro no celular e agride mulher na cabeça e a joga para fora do carro
ORAÇÕES
Estado de saúde de Cláudia Rodrigues (a diarista) é grave
PAULISTÃO IV
“Hoje foi realmente a estreia do São Paulo”, diz Mancini após vitória
PAULISTÃO III
Carille vê Corinthians abaixo: “Fomos premiados com o empate”
PAULISTÃO II
Com falha e ‘milagre’ de Prass, Palmeiras busca empate com gol de estreante
PAULISTÃO
Santos aproveita falhas do Red Bull e abre boa vantagem no Pacaembu
MOSTRA MONITORAMENTO
Caminhoneiros se mobilizam para nova paralisação
CRIME NA MADRUGADA
Mulher é brutalmente assassinada; carro foi visto deixando o local