Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 23 de fevereiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
SAÚDE

Anvisa cancela registro de medicamento que pode provocar infarto

1 Out 2010 - 07h40Por Ministério da Saúde

A ANVISA, Agência Nacional de Vigilância Sanitária, anunciou nesta quarta-feira o cancelamento do registro do medicamento Avandia, usado no tratamento contra diabetes tipo dois.

De acordo com a Anvisa, a decisão foi tomada depois que estudos confirmaram os riscos de infarto, insuficiência cardíaca e derrame provocados pelo uso do medicamento.

O presidente da Sociedade Brasileira de Endocrinologia, Ricardo Meirelles, afirma que a discussão sobre a proibição do Avandia existe há muito, porém, só agora foram confirmados os malefícios do medicamento.

"Ele não tinha sido ainda retirado porque por outro lado é ele um medicamento eficiente para tratar o diabetes.

E o que ficou mais claro recentemente foi exatamente o fato de que os riscos são superiores aos benefícios e, portanto, não se justifica manter no mercado um medicamento que tenha esse grau de risco."

Apesar da proibição, Ricardo Meirelles destaca que não há motivos para pânico. Segundo ele, a substituição do medicamento deve ser feita com calma, sempre orientada por um médico.

"A primeira observação é o seguinte: não interromper o medicamento antes de falar com o seu médico.

Essa é a grande preocupação é de que alguns pacientes preocupados com a possibilidade de ter complicações cardiovasculares, que interrompam de imediato essa medicação.

O mais importante é que não haja pânico, não há motivo para pânico. E todos os pacientes devem procurar os seus médicos para receberem uma orientação quanto à substituição desse medicamento por outro."

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária determinou também que o laboratório que fabrica o Avandia recolha o produto em todo o País

Deixe seu Comentário

Leia Também

PEDOFILIA
Babá de 15 anos recebia dinheiro para ter relações com patrão
PREOCUPANTE
Mineradora declara situação de emergência em barragem de Araxá
INTOLERANCIA RELIGIOSA
Delegado solicita ida à casa do 'BBB 19' para interrogar Paula, investigada por intolerância
RESUMO DAS NOVELAS
Mercedes convoca Murilo para uma conversa
CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico