Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 16 de setembro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

ANJ aposta no fracasso do Conselho Federal de Jornalismo

15 Set 2004 - 16h26
A ANJ encerrou nesta quarta-feira em São Paulo o 5º Congresso Brasileiro de Jornais, confiante no fracasso do projeto de lei do Conselho Federal de Jornalismo, apresentado pelo governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva para fiscalizar o exercício da profissão.

"O congresso teve um significado político muito relevante, porque escutamos do presidente seu compromisso inquebrantável com a liberdade de imprensa", disse o novo presidente da Associação, Nelson Sirotsky, no encerramento do evento.

Sirotsky declarou que a Associação Nacional de Jornais (ANJ) espera que o Congresso Nacional "arquive o projeto". No mês passado, o governo encaminhou a proposta de criação do Conselho Federal de Jornalismo, cuja função seria de "orientar, fiscalizar e disciplinar" o trabalho da imprensa.

"Achamos que, diante da ratificação que o presidente fez (sobre a liberdade de imprensa), o Conselho Federal de Jornalismo assume uma posição secundária", acrescentou. Sirotsky é diretor da Rede Brasil Sul (RBS), o mais importante grupo de mídia regional do país.

Sirotsky se referiu ao discurso que Lula fez na terça-feira à noite para os diretores de jornais. O presidente afirmou que seu governo respeita a liberdade de imprensa, mas não mencionou o projeto de lei.

"Como governante, não posso me incomodar quando leio uma crítica séria no jornal. O que me incomodava era viver sob um regime no qual o governo se dedicava a censurar artigos de imprensa. E isso não voltará a ocorrer no Brasil e muito menos de forma dissimulada", disse Lula.

A declaração de Lula foi bem recebida pelos membros da ANJ. No entanto, eles reiteraram que vão continuar atentos a qualquer tentativa de restringir a liberdade de expressão no país.

A associação é formada por 126 publicações que representam cerca de 90% da circulação diária da imprensa brasileira.

Durante os três dias da reunião, os diretores dos jornais brasileiros não economizaram críticas ao projeto de criação do Conselho Federal de Jornalismo e a outras iniciativas do governo que acusam de limitar a liberdade de imprensa.

"Senhor presidente, temos a convicção de que seu governo, assim como o Congresso Nacional, não serão protagonistas de nenhuma ação que possa representar um retrocesso a esta conquista do povo brasileiro", disse Sirotsky a Lula na terça-feira. Seu antecessor, Francisco Mesquita Neto, do grupo O Estado de São Paulo, expressou-se em termos similares.

Diante da avalanche de críticas recebidas no país e no exterior, o governo argumentou que apenas apóia a criação do Conselho Federal de Jornalismo, mas que a iniciativa partiu da Federação Nacional de Jornalistas (Fenaj), entidade que reúne os sindicatos de jornalistas do país.

No entanto, críticos do projeto alegam que a Fenaj é um sindicato vinculado à Central Única dos Trabalhadores (CUT), por sua vez estreitamente ligada ao PT, que controlaria o Conselho.

No congresso que terminou hoje, Sirotsky afirmou que a imprensa brasileira não precisa de fiscalização, mas de apoio para se fortalecer e aumentar sua circulação.

No Brasil existem 529 jornais diários, o que corresponde a 8% do total mundial, mas a circulação equivale a 1,5% do total vendido no mundo.

"A penetração dos jornais na população adulta do Brasil é ainda muito baixa, com 52 exemplares por cada mil habitantes. Isso nos coloca na 55ª posição, atrás de países como Grécia, Equador, Bulgária e Hungria", disse.

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

MUNDO MEDONHO
'Pago boleto, compro calcinha': usuários de aplicativos de paquera relatam apuros e curiosidades
FAMOSIDADES
Belo sai de casa após flagrar traição de Gracyanne
ASSASSINATO
PM é torturado e morto após circular boato de que seria 'estuprador'
JULGAMENTO
PMs acusados de chacina taparam câmera de segurança antes do crime
CASO DE POLÍCIA
Catador de reciclável recebe mochila com bebê congelado dentro
LUTO NA MÚSICA
Cantor sertanejo morre após carro bater em árvore em rodovia de MS
FAMOSOS
David Brazil causa ao expor bumbum de Anitta sem ela saber
ACIDENTE FATAL
Câmera de segurança registrou acidente fatal de enfermeira. VEJA O VÍDEO
MONSTRUOSIDADE
Homem que matou mãe e filha em Cascavel escreveu carta. Bebê tomou mamadeira “batizada”
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Mulher e marido são presos suspeitos de estuprar menina de 11 anos que dormia na casa deles