Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 21 de abril de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Andrés Sanchez diz que Corinthians vive sem a MSI

28 Jun 2007 - 15h19

O conselheiro corintiano Andrés Sanches disse que se não houver mudança no trabalho feito pela MSI, vai pedir a saída do grupo investidor do Corinthians. Na opinião de Sanchez, o clube pode sobreviver sem o atual investidor.

"Eu votei na parceria, aprovei, trabalhei para a parceria. Mas não vinha sendo bem feito o trabalho. Se não houver mudança, vou trabalhar para romper, já falei isso ao Kia. Ele disse que com essa gestão é o que eu devo fazer. Sem a parceria, vamos seguir do mesmo jeito. O Corinthians tem camisa muito forte."

Sanches voltou de Londres, onde ao lado de outros cinco conselheiros se reuniu com Kia Joorabchian, diretor da MSI, e lamentou as perdas com a dispensa de outras altetas contratatos pelo investidor.

"Tevez não volta porque vai ser vendido por US$ 60 milhões (cerca de R$ 117 milhões) para o time mais poderoso do mundo. Não vou falar, mas é o maior time do mundo. Mascherano daqui a seis meses o Corinthians teria opção de compra, ele está avaliado em 25 milhões de euros (R$ 65,5 milhões), o Corinthians teria 25% desse valor, e ele foi embora. O Carlos Alberto, que todos criticam, foi vendido por 8 milhões de euros (R$ 20,96 milhões) pago em dinheiro para o Werder Bremen, o Corinthians teria 20% desse valor. O Renato que está no Vasco tem proposta. Bruno, no Flamengo, tem oferta de 4 milhões de euro (R$ 10,48 milhões) da Lazio."

Nesta semana, dois vice-presidentes corintianos foram à imprensa para contar resultados do encontro de Dualib com os investidores. O vice-presidente jurídico do clube, Ivaney Caires de Souza, afirmou que Tevez poderia retornar ao Parque São Jorge. O vice de marketing, Jorge Kalil, disse que Kia Joorabichian seria substituído no comando da MSI pelo israelense Pini Zahavi, empresário de jogadores.

"Os dois (Ivaney e Kalil) não são mentirosos, têm credibilidade, mas falaram coisas que não são verdades. Falei com o senhor Alberto (Dualib, presidente do Corinthians) ele disse que não comentou isso com os dois. Então é difícil. Acho e tenho certeza que eles foram mal informados e se sujeitaram a isso", explicou Sanches.

A respeito da posição de Kia no caso Nilmar, Sanches disse que a partir do momento que o Corinthians tirou o advogado do MSI do processo e colocou um do clube, Kia passou a responsabilidade para Dualib.

 

 

Terra Redação 

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOENÇA DO SÉCULO
Yasmim Gabrielle, do ‘Programa Raul Gil’, se suicida após depressão
FATALIDADE
Bebê morre após ser esquecida pelo pai por três horas dentro do carro
IRRESPONSABILIDADE
Bebê de 1 aninho entra em coma alcoólico após pai dar cachaça com refrigerante
BONITO - MS - DICA AGÊNCIA ECO TOUR
Confira agora os 5 passeios mais românticos de Bonito (MS)
EM ÁUDIO VAZADO
Em áudio, Onyx diz que governo deu 'uma trava na Petrobras', caminhoneiros podem ficar sossegados
EMOÇÃO E RECOMEÇO
Mãe e filho se reencontram em hospital após desabamento de prédios
ACIDENTE FATAL
Três morrem em explosão provocada por vazamento de botijão de gás
NOVA PARALISAÇÃO
Ala dividida de caminhoneiros falam em greve no próximo dia 29 em todo o Brasil
CAMPO BELO RESORT - PARAÍSO É AQUI
Com noite Árabe e Italiana, PACOTE do dia 03 a 05 de maio já disponível para o Campo Belo Resort
NEGLIGÊNCIA FUNCIONAL
Menino de 12 anos foge de casa, burla esquema de segurança e embarca em avião