Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 14 de novembro de 2018
SADER_FULL
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

Andrés Sanchez diz que Corinthians vive sem a MSI

28 Jun 2007 - 15h19

O conselheiro corintiano Andrés Sanches disse que se não houver mudança no trabalho feito pela MSI, vai pedir a saída do grupo investidor do Corinthians. Na opinião de Sanchez, o clube pode sobreviver sem o atual investidor.

"Eu votei na parceria, aprovei, trabalhei para a parceria. Mas não vinha sendo bem feito o trabalho. Se não houver mudança, vou trabalhar para romper, já falei isso ao Kia. Ele disse que com essa gestão é o que eu devo fazer. Sem a parceria, vamos seguir do mesmo jeito. O Corinthians tem camisa muito forte."

Sanches voltou de Londres, onde ao lado de outros cinco conselheiros se reuniu com Kia Joorabchian, diretor da MSI, e lamentou as perdas com a dispensa de outras altetas contratatos pelo investidor.

"Tevez não volta porque vai ser vendido por US$ 60 milhões (cerca de R$ 117 milhões) para o time mais poderoso do mundo. Não vou falar, mas é o maior time do mundo. Mascherano daqui a seis meses o Corinthians teria opção de compra, ele está avaliado em 25 milhões de euros (R$ 65,5 milhões), o Corinthians teria 25% desse valor, e ele foi embora. O Carlos Alberto, que todos criticam, foi vendido por 8 milhões de euros (R$ 20,96 milhões) pago em dinheiro para o Werder Bremen, o Corinthians teria 20% desse valor. O Renato que está no Vasco tem proposta. Bruno, no Flamengo, tem oferta de 4 milhões de euro (R$ 10,48 milhões) da Lazio."

Nesta semana, dois vice-presidentes corintianos foram à imprensa para contar resultados do encontro de Dualib com os investidores. O vice-presidente jurídico do clube, Ivaney Caires de Souza, afirmou que Tevez poderia retornar ao Parque São Jorge. O vice de marketing, Jorge Kalil, disse que Kia Joorabichian seria substituído no comando da MSI pelo israelense Pini Zahavi, empresário de jogadores.

"Os dois (Ivaney e Kalil) não são mentirosos, têm credibilidade, mas falaram coisas que não são verdades. Falei com o senhor Alberto (Dualib, presidente do Corinthians) ele disse que não comentou isso com os dois. Então é difícil. Acho e tenho certeza que eles foram mal informados e se sujeitaram a isso", explicou Sanches.

A respeito da posição de Kia no caso Nilmar, Sanches disse que a partir do momento que o Corinthians tirou o advogado do MSI do processo e colocou um do clube, Kia passou a responsabilidade para Dualib.

 

 

Terra Redação 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ENTROU ATIRANDO
VÍDEO: Pastor é baleado no altar durante o culto
TRAGEDIA
Ex-prefeito é morto pelo pai após ser confundido com assaltante
ACIDENTE DE TRANSITO
Caminhão passa por cima de veículos e explode em grave acidente
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Marilda (Letícia Spiller) é flagrada nua e finge ser uma assombração
BNDS
“Se não abrir a caixa preta do BNDES, está fora!”, diz Bolsonaro sobre Levy
FAMOSIDADES
Susana Vieira está com leucemia, mas a doença está controlado, diz assessoria
NOVELA GLOBAL
Marina Ruy Barbosa é a heroína de 'O sétimo guardião': 'Luz foge do tradicional'
CONSTRANGIMENTO
Claudia Leitte quebra silêncio e desabafa sobre polêmica com Silvio Santos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Concursos oferecem mais de 1 mil vagas e salários de até R$ 6,6 mil no MS
NOVA EQUIPE
Bolsonaro intensifica processo de transição esta semana em Brasília