Menu
SADER_FULL
quinta, 23 de maio de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

André cede a pressões e eleva duodécimo da Assembléia

23 Jun 2007 - 06h00

O governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB), cedeu a pressões dos deputados estaduais e foi obrigado a recompor os percentuais a que a Assembléia Legislativa tem direito como parte do duodécimo.

No fim do ano passado, um acordo permitiu a redução dos percentuais tanto da Assembléia quanto dos demais poderes, que também terão os valores elevados a partir do envio à Casa, na próxima segunda-feira, da mensagem do governo que trata da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias).

No acordo da época, a Assembléia  deu a maior cota de sacrifício para que o governo pudesse enfrentar o déficit mensal de R$ 30 milhões nas contas do Estado. O índice do duodécimo da Casa  foi reduzido de 4,48% para 3,3%.

O Poder Judiciário havia concordado em reduzir de 6,8% para 6,3% a fatia no bolo da receita.

Durante entrevista coletiva à imprensa na manhã desta sexta-feira, o governador André Puccinelli anunciou os novos percentuais, que serão apreciados e votados no plenário da Assembléia após cumprir os prazos regimentais.

Portanto, a Assembléia Legislativa terá 3,5% da receita líquida do Estado – estimada pelo governador em 316 milhões até o fim do ano –  para sua manutenção, contra os 3,3% atuais.

O TCE (Tribunal de Contas do Estado) ficará  com 2,1% da arrecadação – atualmente o presidente da Corte Fiscal, Cícero de Souza tem para gastar 1,9%.

Dentro do projeto da LDO,  o MPE (Ministério Público Estadual) terá direito a 3,3% do bolo total da arrecadação devido ao aumento de um ponto percentual no duodécimo.

Não houve alteração nos índices que começarão a ser aplicados a partir do ano que vem, do Tribunal de Justiça, que continuará 6,3% para sua manutenção. Da mesma forma, a Defensoria Pública ficará com os mesmos percentuais, 1,5%.

A matéria, que tem prioridade, segundo o texto constitucional, deve ser votada antes do recesso parlamentar de julho. Se até dia 1º o projeto não for votado, as férias dos deputados serão mais curtas.

 

 

 

TV Morena

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRISTEZA
Morre menina que teve o corpo queimado em tentativa de furto em oleoduto, em Duque de Caxias
CONCORRENCIA
Padre Fabio de Mello reclama de Bradesco na internet e é disputado por concorrentes
TRAGEDIA NO CHILE II
Morta com a família no Chile, jovem havia ganhado viagem de presente de 15 anos
MILIONARIO
Aposta de Aramina-SP fatura mais de R$ 11 milhões na Mega-Sena
TRAGÉDIA NO CHILE
Seis brasileiros são achados mortos em apartamento em Santiago, no Chile
BARBÁRIE
Mulher sobrevive a tentativa de feminicídio, mas fica tetraplégica
MAIOR PEDRA DO MUNDO
Homem de 51 anos passa por cirurgia e tem pedra de 1,3 Kg na bexiga
CAMPO BELO RESORT - DIA DOS NAMORADOS
Dia dos Namorados com programação especial e romântica no Campo Belo Resort, faça sua reserva
TRAGEDIA NA RODOVIA
Estudante morre e dez ficam feridos em acidente com ônibus de universitário
DICAS - TECNOLOGIA
Como usar o Whatsapp para impulsionar os negócios