Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 21 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

André autoriza programa para incrementar produção de leite

30 Ago 2007 - 04h39
O governador André Puccinelli autorizou hoje (29) o início do programa “Balde Cheio”, de fomento à pecuária leiteira em Mato Grosso do Sul. Ao menos três mil pequenos produtores deverão ser beneficiados, segundo estimativa da Secretaria da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo (Seprotur). A secretaria será responsável pela coordenação do programa, com a Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer).

         Depois de pesquisar programas em diversos locais do Brasil, a Seprotur identificou o Balde Cheio como a melhor alternativa para incrementar a produção, garantindo renda a pequenos produtores. Em regiões como São Carlos (SP) – onde o programa foi inicialmente implantado, por meio da Embrapa - e outros municípios do interior paulista, a experiência demonstrou resultados muito positivos.

         Melhores condições de produção

        As principais características do programa são a melhoria da pastagem, com adubação e irrigação, a rotação de animais na área e a melhoria genética. A qualidade da alimentação, essencial para a produtividade do animal, terá atenção especial. E não se trata apenas do tipo de alimento. Na experiência do Balde Cheio, as vacas leiteiras pastam durante a noite. Durante o dia, descansam, à sombra. “A digestão é melhor, aumenta a circulação sangüínea e diminui o gasto de energia”, relatou o superintendente de Agricultura e Pecuária da Seprotur, João Carlos Krug.

         A perspectiva é um salto gigante na produtividade. A média atual de produção diária em cada hectare é de três litros de leite. “Estimamos chegar a 13 litros”, informou Krug.

        Depois de conhecer o programa, o governador André Puccinelli autorizou o investimento inicial de R$ 124 mil, destinados à capacitação de 47 técnicos agropecuários da Agraer. Eles serão treinados para multiplicar conhecimento junto a outros técnicos e aos pequenos produtores rurais.

         Iniciativa privada

       O Banco do Brasil será parceiro na implantação do programa, financiando a compra de equipamentos para os produtores. “E, desta vez, vamos além do financiamento. Vamos acompanhar o andamento do programa de perto”, anunciou o superintendente Caio Neves. O banco vai associar a participação nesse novo programa a outro, que já é realizado, o Desenvolvimento Regional Sustentável (DRS).

 

 

Notícias.ms

 

 

MS Notícias

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos