Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 10 de dezembro de 2018
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

André aumenta repasses e faz alto investimento direto nos municípios

22 Jul 2010 - 14h38

Construção de casas, novas rodovias e R$ 80 milhões para recapeamento asfáltico

 

 

 

 

 

O  governador André Puccinelli conseguiu transformar em ações concretas o compromisso de fazer uma administração municipalista, o que se traduz, nestes três anos e seis meses em números como o aumento de 338% nos repasses (voluntários) para a saúde, mais que 100% nas liberações via Fundo de Assistência Social. Sem contar as áreas de habitação (com R$ 665 milhões aplicados) e saneamento (R$ 420 milhões), o Governo tem feito grandes investimentos em infraestrutura, além de destinar R$ 80 milhões para recuperar a malha viária asfaltada de 74 dos 78 municípios, sem nenhum custo para as prefeituras.

 

Na gestão do PT um programa semelhante foi lançado, mas, acabou não saindo do papel porque se exigia contrapartida de 40% dos municípios, descontado direto da cota-parte das prefeituras que aceitasse. “Optei por lançar o programa agora, porque conseguimos ajustar as contas do Estado, que tem recursos para bancar o projeto’’. André lembra sua condição de ex-prefeito: “Sei das dificuldades dos administradores municipais, a limitação de recursos frente a grande demanda por obras e serviços”. 

 

Exatamente por compreender esta realidade financeira das prefeituras é que o governo reduziu de R$ 3,5 mil, para R$ 2 mil, por unidade habitacional, a contrapartida dos municípios na construção de moradia. Em 2006, último ano do governo petista, os repasses para os municípios na área da saúde foram de R$ 16 milhões, atingindo R$ 70 milhões ano passado, um incremento de 338%. Os repasses via Fundo Estadual de Assistência Social em 2006 ficaram em R$ 5,4 milhões. Ao término de 2010 chegarão a R$ 11,6 milhões, permitindo aumentar de 27.300 para 43 mil o número de famílias atendidas. 

 

Em Dourados, segundo maior cidade do Estado, estão sendo aplicados R$ 9,7 milhões na recuperação da malha asfaltada, sem contar a construção Perimetral Norte, uma reivindicação histórica da cidade.  Estão sendo investidos R$ 29,4 milhões na abertura do contorno rodoviário de 25,2 km, que vai tirar o tráfego o pesado do centro da cidade. A mesma quantia foi gasta na duplicação da rodovia Pedro Palhano, ligando Dourados a Itaporã, cortando a maior reserva indígena urbana do País - a aldeia Jaguapiru- transformada numa avenida de 15 quilômetros, com duas pistas, e toda iluminada. Foram aplicados R$ 1,1 milhão, recurso de emendas da bancada federal e contrapartida do estado, para a pavimentação dos bairros Canaã III, Jardim Maipu, Parque das Nações e Jardim João Paulo II e no distrito de Itahum.

 

Corumbá assiste ao maior investimento de sua história em saneamento básico - cerca de R$ 88 milhões para implantação de estação de tratamento (foto) e 263 km de rede de esgoto, o que significa o atendimento de 80 % da população. Lembrando que Corumbá não tinha um metro sequer de rede de esgoto.

 

Outras cidades também foram beneficiadas com obras de infraestrutura do estado. Em Rio Verde , por exemplo, foram aplicados R$ 1,5 milhão para a construção de três pontes (de 25 metros) na área urbana que facilitaram o acesso entre as regiões da cidade cortadas pelo Rio Verde. Corumbá, Maracaju e Fátima do Sul ganharam contornos rodoviários, Nioaque um novo acesso. Para ajudar as prefeituras a manter suas malhas viárias, 108 máquinas e equipamentos foram cedidos aos municípios.

 

O recapeamento asfáltico é comemorado onde o serviço avança. É o que se verifica, por exemplo, em Glória de Dourados onde 49 mil metros quadrados de vias urbanas estão sendo recuperadas.“O serviço traz melhoria não só para meu comércio, mas para toda a cidade. Faz muito tempo que a gente precisava de um recapeamento. Vai ser bom também para quem está de passagem pela cidade, como caminhoneiros”, comentou o comerciante, Deli Gomes. Ele tem uma loja de confecções na Avenida Presidente Vargas, no centro da cidade, há cerca de 30 anos. 

 

A padaria de Pércio Fabiano localizada também naquela avenida vai ganhar com o recapeamento.“As ruas tinham buraco e foram aumento com as chuvas. Vai melhorar muito, principalmente na limpeza e manutenção do comércio”, afirmou. O comerciante abriu a padaria na região central há quatro meses. “Que sorte em saber que em pouco tempo já vou ter na frente da padaria um recapeamento novo”, concluiu.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVARDIA
Mulher agride menino autista em playground e vídeo viraliza
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Nicolau descobre que Diana luta karatê e fica em choque
ACUMULOU
Ninguém acerta a mega-sena e prêmio acumula em R$ 30 milhões
VIOLENCIA
'Tiro, porrada e bomba': festa em universidade acaba em pancadaria e PM responde com violência
NOVELA GLOBAL
Gabriel confronta Valentina em “O Sétimo Guardião”
ARROCHO
Regra defendida por Bolsonaro tira R$ 1,1 mil por mês das novas aposentadorias
BARBÁRIE
Mulher é presa após atear fogo em cachorro
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Feliciano foi muito rico e ajudou Valentina no passado
SE DEU MAL
Assaltante é morto após fazer idosa de 83 anos refém no Rio de Janeiro
ROUBO MILIONÁRIO
Homens invadem banco, trocam tiros com polícia e fogem com R$ 1 milhão