Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 21 de novembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Anatel proíbe Claro de vender celulares com bloqueio de chip

16 Ago 2007 - 09h52
A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) proibiu a Claro de vender aparelhos com bloqueio permanente de chip - que não aceita os de outras operadoras. A Claro deve recolher e trocar gratuitamente os já vendidos.

A operadora terá prazo de dois meses, contado a partir do dia 10 de agosto, para fazer a troca. E a partir de 10 de setembro deve ser feita campanha publicitária. Segundo a reportagem apurou, a operadora deve recorrer da decisão.

Não há detalhes dos aparelhos que devem ser trocados nem sobre o recolhimento. Segundo a Anatel, a empresa é que deve divulgar detalhes.

Segundo a reportagem apurou, a Anatel notificou a Claro após reclamação da Oi, que não comentou o caso. Os celulares da Claro têm um sistema chamado "hard lock", que dificulta o desbloqueio, impedindo o uso de outra operadora.

A Claro diz que o desbloqueio custa R$ 200, caso o consumidor esteja no prazo de carência do plano, e é de graça fora desse período. A empresa não se manifestou sobre a decisão da Anatel.
 
 
Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem que matou filho para defender a nora comete suicídio
INJUSTIÇA
Familiares prestam homenagem a laçador de cães que morreu após ser hostilizado
FORAGIDO
Mulher é morta a facadas pelo ex-marido, que não aceitava fim de relacionamento
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Valentina conta a Egídio que Gabriel é filho dele
CRUELDADE
Idosa de 106 anos é assassinada a pauladas no Maranhão
NOVO GOVERNO
Desistência de general para ministério leva crise ao QG de Bolsonaro
ASSASSINATO
Câmeras flagram dupla efetuando mais de 30 tiros contra homem; veja o vídeo
TRISTEZA
Menino de 10 anos comete suicídio após a prisão do pai
MALDADE
Câmera de segurança flagra homem colocando fogo em casinha comunitária para cachorros
FATIMASSULENSES EM UBATUBA (SP)
Fatimassulenses, alunos do Vicente Pallotti fazem curso de biodiversidade marinha em Ubatuba (SP)