Menu
SADER_FULL
sexta, 19 de outubro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Anatel diz que Brasil já tem 54 milhões de celulares

16 Jul 2004 - 17h42
 

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) informa que, com mais de 1,6 milhão de novos celulares em serviço só no mês de junho, o primeiro semestre de 2004 registra um total de 54,031 milhões de telefones móveis em operação no Brasil. O número já supera em 2,92% a meta do Paste 2000 (Perspectivas para Ampliação e Modernização do Setor de Telecomunicações) prevista para o fim deste ano.

Nos últimos 12 meses (junho de 2003 a junho de 2004), o número de celulares no País cresceu 42%. O número de celulares em cada 100 habitantes (densidade) também marcou acentuada evolução, saltando de 17,86, em junho de 2002, para 21,51, no mesmo mês em 2003, e chegando a 30,17, em junho de 2004. Dos mais de 54 milhões de celulares em junho deste ano, 79,06% são pré-pagos, e 53,92% estão na banda "A". Deve-se ressaltar que a tecnologia GSM, que detinha 8,22% de participação no mercado em junho de 2003, cresceu para 23,13% em junho deste ano.

 

 

Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

RETA FINAL
'Segundo sol': Antes de ir para a cadeia, Luzia pede: 'Continuem procurando por Remy! Ele está vivo!
CASO LETICIA
Adolescente morta a facadas contou a amigos que pai estuprou a tia na sua frente:'Tinha quatro anos'
MOTIVO FUTIL
Camera ajuda na indentificação de Homem que confessa ter matado mulher após falhar na "Hora H"
A CASA CAIU
Rapaz é agredido pelas sete namoradas que descobriram traição
SEGUNDO SOL
Beto confronta Karola: 'Você roubou a vida de outra mulher'
DEFICITÁRIAS
Correios fecham 02 agências no MS e 39 no país
VICENTINA - LEILÃO ELETRÔNICO
Justiça realizará leilão eletrônico de imóveis urbanos e trator de VICENTINA
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Conclusão do Comperj deve gerar 8 mil vagas em 2019
LUTO NO JORNALISMO
Morre Gil Gomes, jornalista policial, aos 78 anos, em São Paulo
SELEÇÃO BRASILEIRA
Brasil vence a Argentina com gol de Miranda nos acréscimos e conquista o Superclássico