Menu
LIMIT ACADEMIA
domingo, 23 de setembro de 2018
SADER_FULL
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

Alunos do ensino médio receberão livros didáticos

20 Dez 2004 - 11h00
Os oito milhões de alunos do ensino médio das redes públicas receberão gratuitamente livros didáticos de português e de matemática, a partir de 2006. O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE/MEC) vai comprar cerca de 20 milhões de livros destas duas disciplinas para distribuí-los aos estudantes desse nível de todo o País. As informações são do diretor de Ações Educacionais do FNDE, Daniel Balaban.

Com a criação, este ano, do Programa Nacional de Livros Didáticos do Ensino Médio (PNLEM), pela primeira vez na história brasileira os alunos do ensino médio serão beneficiados com livros didáticos. Inicialmente, o programa irá atender, de forma experimental, a 1,3 milhão de alunos da primeira série do ensino médio de 5.392 escolas das regiões Norte e Nordeste, que receberão 2,7 milhões de livros das disciplinas de português e de matemática, até o início de 2005.

Também começaram a chegar às 153 mil escolas públicas de ensino fundamental do País, por meio dos Correios, 109 milhões de livros de português, matemática, ciências, história e geografia. Essas obras serão utilizadas pelos 30,8 milhões de estudantes beneficiados pelo Programa Nacional do Livro Didático (PNLD), o maior do mundo.

Dicionários-Em 2006, cada uma das 651.874 turmas dos 17 milhões de alunos de 1a a 4a série receberá dez dicionários. Serão três tipos de dicionários, adequados às séries das crianças: tipo 1, com mil a três mil verbetes, com letras maiores e gravuras; tipo 2, com 3,5 mil a dez mil verbetes, para estudantes que já consolidaram o domínio da escrita; e tipo 3, com 19 mil a 35 mil verbetes, para estudantes mais adiantados. “Os dicionários serão de editoras diversas, com diferentes interpretações. É interessante saber que o dicionário não dá a palavra final, deve ser utilizado como ferramenta de apoio ao processo de aprendizagem”, explica Balaban.

A divisão dos tipos de dicionários foi definida por lexicógrafos e especialistas da Secretaria de Educação Básica (SEB/MEC), que, durante cinco meses, estudaram melhorias no aproveitamento das obras e a forma do edital da compra. O edital foi publicado dia 16, e a pré-inscrição das obras irá de hoje, 20, até o dia 21 de fevereiro.

Biblioteca-Até o final deste ano, deverá ser publicado o edital para a aquisição de livros do Programa Nacional Biblioteca na Escola (PNBE), também do FNDE. Um grupo de especialistas, sob a coordenação da SEB, definiu que serão constituídos dois acervos, cada um composto por cem livros. Todas as escolas de educação fundamental receberão, no mínimo, um acervo para a biblioteca. As escolas escolherão qual dos dois acervos desejam.
 
Agência Popular

Deixe seu Comentário

Leia Também

EMBOSCADA
Homem é assassinado na frente do filho de seis anos
FAMOSIDADES
Xuxa rompe silêncio sobre Marlene Mattos e traições de Pelé: ‘Me fez coisas muito feias’
ASSALTANTE
Preso confessou que matou a ex em cela da cadeia
DISPUTA ACIRRADA
Nova pesquisa mostra empate técnico entre Haddad e Bolsonaro
SELEÇÃO BRASILEIRA
Gabriel Jesus retorna para a Seleção
LOTERIA
Mega-Sena acumula novamente e pode pagar prêmio de R$ 22 milhões
HORÁRIO DE VERÃO 2018
Horário de Verão pode ser extinto em todo território nacional
EDUCAÇÃO
‘Desejo continuar com a minha profissão, mas temo pela minha vida’, diz professor agredido em aula
SOB INVESTIGAÇÃO
Jovem é encontrada morta dentro do quarto e esposo está desaparecido
MORTE NO DETRAN
Jovem sofre parada cardíaca durante prova para tirar CNH