Menu
LIMIT ACADEMIA
quinta, 13 de dezembro de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Aluno com "bens de luxo" tem desempenho melhor no Enem

13 Jul 2004 - 11h04
Os alunos que vivem em famílias com bens associados ao poder socioeconômico, como TV, computador, acesso à internet, carro e telefone tiveram desempenho melhor no Enem 2003 (Exame Nacional do Ensino Médio).

De acordo com o Inep (instituto de pesquisas do Ministério da Educação), que aplicou o exame, estudantes que declararam ter esses itens tiveram 22 pontos a mais (63 a 41), em média, na prova objetiva do que aqueles desprovidos ou com pouco acesso a esses artigos. A escala vai de zero a 100.

Outro fator verificado relacionado à renda foi o desempenho dos alunos que freqüentaram cursos de língua estrangeira, informática e pré-vestibular. Esses estudantes obtiveram 17 pontos acima (62 a 45), em média, em relação àqueles que tiveram pouca ou nenhuma oportunidade de fazer esses cursos.

Para chegar a essas conclusões, o Inep cruzou os resultados do Enem com as respostas dos participantes ao questionário socioeconômico do Exame. As informações, produzidas pela primeira vez, constam no relatório encaminhado a todas as escolas de ensino médio.

A média geral na prova objetiva foi 49,5 pontos. Fizeram o exame 1,3 milhão de estudantes do último ano do ensino médio. Atualmente, a prova é opcional, mas o Ministério da Educação quer tornar-la obrigatória.

Outros fatores

O levantamento mostra também uma diferença de sete pontos na média entre os alunos que lêem, com freqüência, jornais, revistas e livros e aqueles que não o fazem (53 a 46).

Os aspectos da escola também pesam na pontuação. A média dos participantes que declararam estudar em estabelecimentos com melhor infra-estrutura foi de 55, contra 48 dos que avaliaram mal a sua escola.

Outro fator identificado pelo Inep, que reflete no desempenho na prova, é o interesse do participante por assuntos da atualidade. A média de quem tem menos interesse por política nacional e internacional, da economia e com os que envolvem as questões sociais e ambientais foi de 46; de quem tem mais, 55.
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA - WHATSAPP
Administradora de grupo no WhatsApp, foi “condenada” á pagar 3 mil por discussão de membros
DICAS DE SERVIÇO DE HOSPEDAGEM NA WEB
Vai criar um blog ou um site?, saiba aqui tudo sobre o serviço de hospedagem
ALERTA NA NET
Golpe no WhatsApp engana usuários ao prometer brindes falsos de Natal
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Luz passa mal ao abraçar e beijar a mãe pela primeira vez
FURACÃO
Atlético-PR ganha nos penaltis e é campeão da Sul-Americana
PROVAS ROBUSTAS
PF apreende R$ 2 milhões em busca em endereços de Aécio e aliados de Temer
INCREDIBILIDADE
Um Governo ficha-suja: mais da metade dos ministros estão enrolados
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Aranha descobre marca de pata de gato de Gabriel, tira foto e conta aos guardiã
SUSTO
Celular pega fogo no bolso da calça e deixa homem com queimaduras na perna e mãos
PROCURADO
Com prisão decretada desde setembro, Dado Dolabella é considerado foragido da Justiça