Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 26 de junho de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Alta no preço do álcool chega aos postos

4 Abr 2007 - 08h30

O preço do álcool hidratado combustível nas usinas teve reajuste de 19% no período de 2 a 30 de março, considerando-se os valores nominais. No início do mês, o preço praticado pelas usinas era de R$ 0,81106 e até o dia 30 chegou a R$ 0,96449, sem considerar impostos.

Apenas na última semana, entre 23 e 30, a cotação fechou com aumento de 7,2%. Por conta disso, as distribuidoras já repassaram, em média, aumento de R$ 0,15 em litro na venda aos revendedores. Para o consumidor, os preços também começaram a subir.

Esta é a maior cotação praticada pelas usinas desde 20 de abril de 2006, quando ficou em R$ 1,04284. A justificativa para os sucessivos aumentos semanais é que diante da baixa oferta das usinas neste final de entressafra, as distribuidoras acabaram aceitando os reajustes.

De acordo com dados fornecidos pelo Sinpetro/MS, as distribuidoras já repassaram integralmente o aumento das usinas que, em média, é de R$ 0,15. Porém, dependendo da distribuidora, o repasse chegou até a R$ 0,17 em litro. Levantamento feito ontem pela equipe do Correio do Estado aponta que o consumidor já paga mais por este combustível.

O preço médio do litro do álcool pulou de R$ 1,69, no dia 21 de março, para R$ 1,76 na pesquisa de ontem. Entre os 44 postos pesquisados na região central e bairros de Campo Grande, o preço do litro de álcool varia de R$ 1,66 a R$ 1,995. A diferença entre menor e maior preço chega a 20%, ou R$ 0,33 em litro.

BiocombustívelPor conta do reajuste de preços do álcool, os proprietários de veículos flex devem ficar atentos ao abastecer, porque o preço máximo deste combustível não pode ultrapassar 70% do valor da gasolina, que hoje está em promoção na maioria dos postos da Capital.

Para saber se vale a pena abastecer com álcool, é necessário fazer uma conta simples: dividir o preço do álcool pelo da gasolina. Por exemplo, em um posto, o álcool está em R$ 1,83 e a gasolina, R$ 2,50. Basta dividir 1,83 por 2,50, o resultado é de 0,732%, portanto, superior 0,70%, por isso, vale a pena abastecer com gasolina.

As vendas de álcool no mês de março foram 50% superiores às do mesmo mês do ano passado. Por conta disso, mesmo que a produção dê conta da demanda, quando esta aumenta, os preços também sobem, independente de entressafra.

Anidro O álcool anidro – que é adicionado à gasolina –, no período de 2 a 30 de março, aumentou 26%. Esse reajuste vai impactar em R$ 0,05 o preço final do litro da gasolina. De acordo com o Sinpetro, a partir da semana que vem o consumidor já deverá sentir esse aumento.

 

 

Correio do Estado

Deixe seu Comentário

Leia Também

ALERTA EPIDEMIOLÓGICO
Acadêmico de Medicina morre com suspeita de dengue hemorrágica
INSTINTO ASSASSINO
Jovem leva 23 perfurações pelo corpo dois dias após se separar e fica em coma induzido
CRUELDADE
Adolescentes torturam e matam garota por causa de ciúmes, divulgam vídeo e são apreendidas
HABEAS CORPUS
Segunda Turma do STF mantém Lula preso
TRAGEDIA NA RODOVIA
Uma pessoa morre e cinco feridos após carro da Secretaria de Saúde bater em caminhão
ESCRAVIDÃO
Mulher era mantida em cárcere privado por 20 anos
MONSTRUOSIDADE
Bebê de 9 meses é estuprado e espancado até a morte
QUADRO ESTÁVEL
Após acidente e cirurgia às pressas, Filho de Huck e Angélica deixa UTI
CIGARREIRO
Homem morre após capotar carro carregado com cigarros
ASSÉDIO SEXUAL
Dany Bananinha sofre assédio em praia do Rio e impede nova vitima: 'Me tremi toda'