Menu
LIMIT ACADEMIA
sábado, 23 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CONTAINER
Brasil

Alonso diz que pode parar Schumacher na Hungria

9 Ago 2004 - 12h59
O espanhol Fernando Alonso, da Renault, espera barrar o domínio do alemão Michael Schumacher na Fórmula 1 ao retornar ao palco de sua primeira vitória na categoria: o GP da Hungria que acontece neste fim de semana.

O piloto da Renault levou a melhor em Hungaroring no ano passado e acredita que seu carro tem potencial para derrotar a Ferrari novamente em Budapeste, principalmente pela vitória de seu colega de equipe Jarno Trulli em Mônaco, um circuito com algumas semelhanças ao da Hungria.

"Vai ser uma corrida especial para mim e talvez tenhamos uma chance de vencer", disse Alonso, que, com a vitória do ano passado, se tornou o mais jovem vencedor de um GP.

"Este é um dos meus circuitos favoritos. De qualquer forma, é bom estar de volta e relembrar o ano passado."

"Me sinto confiante porque fomos rápidos na Hungria em 2003 e temos sido rápidos com alta pressão aerodinâmica, como aconteceu nesta temporada em Mônaco", justificou.

O pequeno e sinuoso circuito húngaro oferece poucas oportunidades de ultrapassagem e provou que a pole pode ser a chave para a vitória, já que no ano passado Alonso liderou desde o início partindo da ponta do grid.

Seu melhor resultado neste ano veio na França, em julho, quando terminou em segundo, atrás de Schumacher. O espanhol vem ainda de um bom terceiro lugar no GP da Alemanha, há duas semanas.

 

Reuters

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico
REFORMA DA PREVIDÊNCIA
Aposentadoria é para viver, não para receber só à beira da morte
CHANTAGEM
Ladrões invadem estabelecimentos, obrigam funcionárias a tirarem a roupa, filmam e extorquem vítimas
FORAGIDO
Atirador invade escritório de advocacia e mata duas pessoas
BBB 19
Rízia chora por estar acorrentada: 'Vontade de desistir'