Menu
LIMIT ACADEMIA
sexta, 18 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

ALL investiu R$ 60 milhões na malha de MS este ano

24 Ago 2007 - 14h26

O presidente da América Latina Logística (ALL), Bernardo Hees, disse ontem em evento na Capital que a empresa já investiu cerca de R$ 60 milhões na recuperação da malha ferroviária em Mato Grosso do Sul. Para 2008, segundo o presidente, os investimentos deverão ficar entre R$ 70 e R$ 80 milhões. Em 2007, a ALL já recuperou a capacidade ferroviária em 15%, em várias regiões do Estado, como por exemplo em Campo Grande, Corumbá e na região sul.

A perspectiva é com os novos contratos firmados com a MMX em Corumbá, fluxos de soja e unidades de açúcar. Bernardo disse, também, que a empresa contará com vagões-tanque para o transporte de álcool. A Malha Norte – denominação da ferrovia em Mato Grosso do Sul – possuía três mil vagões em estado precário. Hoje, 1.700 já foram reformados e os outros 1.300 estarão prontos até o final de 2008.

A capacidade de transporte da malha deve crescer pelo menos três vezes nos próximos cinco anos, em relação ao transportado hoje. Para Bernardo, os investimentos feitos até agora são viáveis. "Basta ver o tamanho do investimento", diz. A empresa espera fechar grandes contratos de transporte com grandes empresas e depois atrair os pequenos para usufruir da estrutura.

A ALL está restaurando 900 km de trilhos, ligando Três Lagoas a Corumbá, além do ramal de 303 km que liga Campo Grande a Ponta Porã. A malha ferroviária de Mato Grosso do Sul é a que apresenta o maior nível de deterioração do País.

A empresa detém a maior malha ferroviária do País, com 20.495 mil km de extensão, abrangendo os estados do Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, além das cidades de Paso de Los Libres, Buenos Aires e Mendoza, na Argentina.

O setor industrial do Estado acredita que o transporte ferroviário poderá reduzir em até 50% o valor gasto com transporte. Porém, é nas regiões onde não existem nem os trilhos que estão localizados os investimentos do setor sucroalcooleiro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos
LUTO NA MÚSICA
Cantor sertanejo Marciano morre aos 67 anos, vítima de enfarto
CARNAVAL É NO CAMPO BELO RESORT
Carnaval é no Campo Belo Resort, reserve já seu lugar nesse bloco - Confira os pacotes
MS EM ALERTA
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana no MS
DECEPCIONADA
Regina Duarte surpreende e se posiciona contra atitude de Bolsonaro
SATÂNICO
Mulheres são presas acusadas de torturar criança de apenas dois anos que teve rosto desfigurado
INSPIRAÇÃO
Idoso se forma em Direito aos 94 anos, após morte da esposa
POLEMICA
Movimento Gay quer tirar Bíblia de circulação no Brasil, diz Damares