Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 17 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Algodão da Embrapa terá gene de aranha

9 Set 2004 - 16h31
A Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) prepara para o segundo semestre de 2005 a primeira colheita experimental de um algodão com genes da teia de uma aranha brasileira. A novidade foi divulgada ontem em Florianópolis (SC), durante o 50º Congresso Brasileiro de Genética, promovido pela SBG (Sociedade Brasileira de Genética).

A intenção é ter genes da aranha funcionando no capulho, a cápsula dentro da qual se forma o algodão. "Esperamos que a proteína [da teia] faça parte da composição da própria fibra", explica o biólogo da Embrapa Elíbio Rech.

Com o truque genético, os cientistas esperam desenvolver uma fibra mais flexível e resistente --duas características da teia, até hoje não sintetizada pelo homem-- para prover inicialmente a indústria têxtil. "O maquinário das fábricas avançou de forma muito rápida e pede um material mais resistente", afirma Rech. O algodão se rompe com facilidade nessas máquinas, diz.

O novo tecido poderia ser usado para a confecção de roupas esportivas e equipamentos de segurança, por exemplo. Hoje, coletes à prova de bala são produzidos com Kevlar, fibra artificial cinco vezes mais forte do que o aço. A aranha produz, naturalmente, um material três vezes mais resistente do que o Kevlar --e mais leve.

Não à toa o projeto da Embrapa despertou a atenção do Ministério da Defesa, que apóia o trabalho. Quatro universidades públicas (USP, Unicamp, Unifesp e UnB), além do Instituto Butantan, participam da iniciativa.

Biorreatores

O algodão transgênico é apenas parte dos planos da Embrapa para a teia de aranha. A instituição experimenta também outras formas de síntese do material. Entre elas, está a utilização de bovinos como biorreatores --animais com a capacidade de produzir o polímero no leite.

Três fetos já foram criados na fazenda da Embrapa no Distrito Federal --dois foram abortados para análise pelos pesquisadores e um morreu no parto. "O importante é que detemos a tecnologia no país", disse Rech.

Biorreatores para a produção de teia de aranha não são novidade no mundo. Em 2002, uma empresa canadense, a Nexia Biotechnologies, obteve filamentos de teia derivados de proteínas obtidas no leite de cabras transgênicas.

Para aplicar a mesma tecnologia no Brasil sem esbarrar em patentes estrangeiras, a Embrapa trabalha apenas com espécies nativas de aranha.

Até agora, ela seqüenciou o código genético da teia produzida por uma espécie da mata atlântica --cujo nome Rech prefere não divulgar, pois o pedido de patente ainda não foi depositado. "A teia produzida por essa aranha tem uma estrutura diferente da determinada em patentes americanas", diz o biólogo.

O plano é decifrar o genoma de mais duas espécies, uma da Amazônia e outra do cerrado. "Assim também agregamos valor à biodiversidade brasileira."

Abracadabra

O congresso foi aberto anteontem na capital catarinense e vai até amanhã. Segundo a organização, há 2.634 inscritos, dos quais 1.997 são estudantes. "O congresso tem essa característica, de inspirar os estudantes", disse o presidente da SBG, Pedro Galetti Jr.

Tradicionalmente, é realizada uma palestra para abrir o evento. Neste ano, a organização preferiu contar com a apresentação de um mágico, que comparou seu trabalho com o dos geneticistas. "Com a diferença que os geneticistas desvendam segredos para depois divulgá-los", disse o mágico Bianco para a platéia. "Nem sempre", respondeu baixo uma espectadora sentada ao lado da reportagem.
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

GASES MORTAIS
Homem morre após segurar peidos na casa da namorada
REALITY SHOW
'BBB 19': Danrley diz ser virgem, e irmã brinca: 'Nem no signo'
ALERTA
Smartphone afeta a saúde mental, e o dano pode começar em crianças de 2 anos!
TRAGÉDIA
“Tentei socorrer ele, mas não deu certo”: conta filho de motociclista levado por enxurrada
FURIA DA NATUREZA
Enxurrada derruba casa e provoca pânico e destruição
NOVELA GLOBAL
Gabriel e Valentina viram inimigos mortais em 'O sétimo guardião'
REALITY SHOW
BBB 19 começa hoje. Na Rocinha Casa de Darnrley vira "QG" de Torcida
POSSE DE ARMAS
Bolsonaro assina nesta terça-feira decreto que facilita posse de armas
HEROINA
Professora Helley, que salvou crianças de incêndio em Janaúba, é homenageada e dá nome a rodovia
FAMOSIDADES
Doente, José Mayer foi esquecido pela Globo e abandonado por ‘Amigos’