Menu
SADER_FULL
terça, 23 de julho de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Alemanha proíbe todos os voos de passageiros vindos do Iêmen

1 Nov 2010 - 14h52Por
O governo alemão decidiu nesta segunda-feira proibir todos os voos de passageiros procedentes do Iêmen, medida emitida pelo Ministério dos Transportes no mesmo dia em que o Reino Unido anunciou uma reunião de segurança de emergência e que os EUA enviaram uma equipe de investigação à Sanaa, capital iemenita.

Com o envio de seus especialistas ao Iêmen, Washington reforçou ao governo daquele país que cabe aos EUA liderar os esforços de investigação, indicou o chefe de contraterrorismo americano, John Brennan.

Ainda no domingo (31), a Alemanha já havia barrado a entrada em seu território de todos os voos de carga oriundos do Iêmen, de acordo com o ministro do Interior, Thomas de Maiziere.

"O governo federal afirma que, a partir de agora, nenhuma carga procedente do Iêmen entrará na Alemanha", declarou o ministro após a descoberta de dois pacotes com explosivos procedentes deste país e destinados aos Estados Unidos.

A França também anunciou no sábado (30) a suspensão da entrada de carga aérea procedente do Iêmen.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO BELO RESORT - PACOTE DIA DOS PAIS
Confira o PACOTE do Dia dos Pais em um resort incrível, o Campo Belo Resort
LUTO NO ESPORTE
Aos 78 anos, morre em São Paulo o jornalista esportivo Juarez Soares
CRIMINOSO FRIO
Padrasto dá detalhes de como estuprou e matou enteada de nove anos
LUTO NA EDUCAÇÃO
Aos 51 anos professora sofre infarto fulminante em sala de aula
ASSASSINATO
Jovem é morta a tiros dentro de casa na frente dos filhos de 6 e 8 anos em MT
ABONO SALARIAL
Mais de 290 mil têm direito a sacar o PIS calendário 2019/2020 em MS
DOENÇA DO SÉCULO
Jovem que se jogou da ponte foi encontrado por pescador
MUITO TRISTE
Adolescente perde luta para o câncer e comove toda cidade
TRAGÉDIA
Neto de empresário de transportes morre atropelado por funcionário
CRUELDADE
Criança que estava desaparecida é encontrada morta. Padrasto confessou o crime