Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 22 de fevereiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Álcool nos postos acumula alta de 5% nos últimos 30 dias

14 Abr 2007 - 10h17

O preço do álcool nos postos brasileiros acumula alta de 5% no último mês, refletindo os repasses promovidos pelos produtores do combustível nas últimas semanas. O movimento é considerado atípico por executivos do setor, uma vez que há indicações de que há estoques disponíveis para garantir o consumo até o início da safra. Nas últimas duas semanas, o preço do álcool nas usinas vem caindo, interrompendo um ciclo de alta que havia se iniciado há dois meses.

De acordo com a pesquisa semanal de preços da ANP (Agência Nacional do Petróleo), o álcool hidratado está custando, em média, R$ 1,656 nos postos brasileiros. O valor é 1,9% superior ao vigente na semana passada. Em São Paulo, o preço médio chegou a R$ 1,419, ou 1% a mais do que o registrado na pesquisa anterior. Também nos postos paulistas, a alta acumulada no mês chega a 5%.

O preço da gasolina não sofreu grandes alterações, segundo a ANP. Na média nacional, o litro do combustível está custando R$ 2,526, apenas R$ 0,01 a mais do valor vigente nas últimas semanas. Em São Paulo, o combustível é vendido nos postos a uma média de R$ 2,412 por litro, alta de R$ 0,02 em relação ao preço cobrado há um mês.

Agência Estado

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico
REFORMA DA PREVIDÊNCIA
Aposentadoria é para viver, não para receber só à beira da morte
CHANTAGEM
Ladrões invadem estabelecimentos, obrigam funcionárias a tirarem a roupa, filmam e extorquem vítimas
FORAGIDO
Atirador invade escritório de advocacia e mata duas pessoas
BBB 19
Rízia chora por estar acorrentada: 'Vontade de desistir'