Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 20 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Álcool líqüido causa 150 mil acidentes por ano

7 Jun 2007 - 05h20

O "Jornal Hoje" faz um alerta no Dia Nacional de Luta Contra Queimaduras, celebrado nesta quarta-feira (6): o álcool líqüido é uma das principais causas de acidentes dentro de casa. A maioria envolve crianças. Durante a recuperação, elas sofrem com longos tratamentos.


Segundo a Sociedade Brasileira de Queimadura, o álcool líqüido provoca, em média, 150 mil acidente por ano, deixando ferimentos em 45 mil crianças.

Em 2002, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu a venda deste tipo de produto, que é o mais perigoso. A proibição durou apenas seis meses e, neste período, os casos de queimaduras com álcool caíram 60%. Apesar disso, os fabricantes conseguiram, na Justiça, liberar a venda do líqüido novamente.

 

Como o álcool provoca queimaduras extensas e profundas, o tratamento é demorado. A recuperação da pele destruída com enxerto demora, em média, três meses. Nesse período, o paciente tem de ficar longe de brincadeiras, escola e família.

 

G1

Deixe seu Comentário

Leia Também

PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos
LUTO NA MÚSICA
Cantor sertanejo Marciano morre aos 67 anos, vítima de enfarto
CARNAVAL É NO CAMPO BELO RESORT
Carnaval é no Campo Belo Resort, reserve já seu lugar nesse bloco - Confira os pacotes
MS EM ALERTA
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana no MS