Menu
SADER_FULL
segunda, 21 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Álcool fica 1,2% mais barato para o consumidor, indica ANP

25 Jul 2007 - 04h52

Exceção feita ao diesel, todos os demais combustíveis ficaram mais baratos para o consumidor na última semana, indica o levantamento da ANP (Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis).

O destaque, mais um vez, foi o álcool. O preço médio do combustível caiu 1,2% entre os dias 15 e 21 de julho, para R$ 1,397, contra R$ 1,414 na semana entre os dias 8 e 14 de julho. No levantamento anterior, o álcool já havia registrado queda de 1,46%.

Roraima é o Estado onde o consumidor paga mais caro pelo litro do álcool, em média R$ 2,075, mesmo valor registrado na semana imediatamente anterior.

Já em São Paulo, o litro do combustível caiu 2,6%, para uma média R$ 1,197, contra R$ 1,229 por litro na semana imediatamente anterior. Com isso, São Paulo se mantém como o Estado onde o álcool está mais barato.

Gasolina

O preço da gasolina apresentou uma queda de 0,24%, segundo indica a ANP. O litro saiu de R$ 2,502 entre os dias 8 e 14 de julho, para um preço médio de R$ 2,496 na última semana.

O Mato Grosso é o Estado onde o combustível custa mais caro para o consumidor, chegando a R$ 2,92 por litro, em média --contra R$ 2,924 no último levantamento. Já a gasolina mais barata é vendida no Amapá, onde o preço médio do litro atingiu R$ 2,229 na última semana, contra R$ 2,267 na semana imediatamente anterior.

Segundo o levantamento, os donos de carros flex do Mato Grosso são os que encontram a maior vantagem em abastecer com álcool, levando-se em consideração que o combustível sempre vale a pena quando custar até 70% do litro da gasolina. No Estado, o litro do álcool custa 42,29% do litro da gasolina. São Paulo, que antes ocupava a liderança neste quesito, o litro do álcool custa 49,83% do litro da gasolina.

GNV

O GNV (Gás Natural Veicular) registrou baixa de 0,67% na última semana, de uma média R$ 1,332 o metro cúbico para R$ 1,323 o metro cúbico. A Paraíba aparece com o maior preço para o combustível, com uma média de R$ 1,703 o metro cúbico. São Paulo vende o GNV mais barato do país, com um preço médio na última semana de R$ 1,153 o metro cúbico, contra R$ 1,158 no levantamento anterior.

Diesel

O preço do diesel apresentou um pequeno avanço de 0,05% na última semana, em R$ 1,855 por litro, em média. No Estado do Acre --local onde o diesel é o mais caro do país-- o combustível custa em média R$ 2,219 por litro. O consumidor do Rio de Janeiro é o que paga menos pelo diesel --R$ 1,806 por litro, em média.

 

Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos