Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 14 de agosto de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Agricultura familiar terá R$ 116 milhões em MS

15 Jul 2004 - 09h47
A agricultura familiar - praticada por mini e pequenos produtores rurais - terá verba de mais de R$ 7 bilhões no país. Mato grosso do sul deve receber algo em torno de R$ 116 milhões. O plano safra 2004-2005 será lançado daqui a pouco na capital.

Em entrevista ao Bom Dia MS, o secretário Nacional da Agricultura Familiar do Ministério do Desenvolvimento Agrário, Valter Bianchini, disse que os agricultores familiares são classificados em cinco tipos de, variando de acordo com a renda dos assentados da reforma agrária, agricultores de renda que vão até 60 mil reais. Tem ainda critério de área e também critério de mão de obra, que têm direito de ter até dois empregados permanentes.

Bianchini disse que todos os assentados têm direito ao crédito de R$ 13,5 mil para a fase inicial de investimentos, mas na agricultora familiar o governo ainda não conseguiu atingir a totalidade dos agricultores. Segundo Bianchini, em todo o Brasil são 4 milhões de agricultores familiares, número bastante alto. Já são 1,4 milhão de contratos e pretende-se chegar neste ano a 1,8 milhão de contratos para atingir novas famílias.

O secretário afirmou que nos assentamentos são 400 mil famílias e se espera que todas sejam atendidas, já que crédito inicial é fundamental para que elas possam se estruturar.

Os repasses são, principalmente, de bancos públicos como o Banco do Brasil e cooperativas de crédito, que segundo o entrevistado, têm sido parceiros importantes. Atualmente, contato também com bancos privados para que tenham melhor participação.

Créditos

Os juros para crédito agrícola variam em cinco categorias por critério de renda. Nos assentamentos, os juros são de 1% com subsídio de 50% de rebate ao longo do pagamento. Os agricultores mais pobres, com renda abaixo de R$ 2 mil, os subsídios são de 25% e os juros de 1%. Para os agricultores em transição têm rebate de R$ 200 no custeio e R$ 700 no investimento, com juros de 4%. O grupo D em que a renda vai até R$ 40 mil tem juro de 4%. Já para os agricultores familiares mais tecnificados, com renda renda superior a R$ 60 mil, os juros são de 7,25%.
 
Bom Dia MS

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Roberval é traficante de diamante
NOVELA DA RECORD
Herodíade diz que foi agarrada por Batista e Joana a chama de mentirosa.
ESTUPRO VULNERÁVEL
Criança desabafa com amiga de classe que era estuprada por padrasto; ele está foragido
CABRA MACHO
Exigência de masculinidade: edital de concurso da PMPR causa polêmica
FAMOSIDADES
Silvio Santos reclama da filha: 'Patrícia não faz nada e ganha um belo salário'
BELEZA
Piauiense que venceu Miss Brasil Mundo 2018 diz que já passou fome e teve preparação forte
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Beto pede separação a Karola e vilã finge aceitar
NOVELA DA RECORD
Jesus enfrenta o Satanás no deserto.
FÁTIMA DO SUL - DIA DOS PAIS É NO O BOTICÁRIO
O Boticário ficará aberto neste sábado até às 15h, confira as promoções Dia dos Pais em Fátima do Su
CRUELDADE
Câmeras flagram mulher que abandonou bebê em lixeira de banheiro; veja o vídeo