Menu
SADER_FULL
quinta, 23 de janeiro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
BANNER BET
Brasil

Agricultura familiar tem R$ 1 milhão para infra-estrutura

4 Ago 2004 - 10h48
Os novos “territórios” para Mato Grosso do Sul destinados a receber verbas e concentrar as ações do Governo Federal para a Agricultura Familiar, vão receber R$ 1 milhão para infra-estrutura neste ano. No Estado foram definidos três “territórios”: Região da Grande Dourados formada por 11 municípios, o Cone-Sul com mais 8 municípios e o terceiro é formado por uma área de Reforma Agrária na Região de Nioaque.

Essa informação foi transmitida pela gerente da Secretaria de Desenvolvimento Territorial (SDT) do Ministério de Desenvolvimento Agrário (MDA) para o Desenvolvimento Territorial em Mato Grosso do Sul, Rosângela Barros, durante o 2º Seminário “A Embrapa Agropecuária Oeste e os Movimentos Sociais: Fortalecendo a Agricultura Familiar", que aconteceu na Embrapa Agropecuária Oeste, em Dourados, empresa do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Ela disse que essa nova concepção de trabalho é uma orientação do governo federal através do MDA, vem sendo aplicada desde o ano passado e que para conseguir resultados mais efetivos, com a participação dos agricultores familiares, serão otimizados os recursos, respeitando-se as demandas e realidades regionais.

Comentou que antes a verba destinada para a agricultura familiar ia para a Prefeitura e agora estão sendo definidas linhas metodológicas que identificam as prioridades por território. “Antes a mesma política adotada no Rio Grande do Sul valia para o Rio Grande do Norte, e nós sabemos que não deve ser assim”. Agora as ações e os projetos são discutidos e definidos no território de forma participativa.

Os critérios para aplicação dos recursos são diferenciados, cinco deles pelo menos, e respeitam as demandas e identidades regionais. “Isso vai centralizar os recursos e causar melhor impacto econômico, ambiental e social”, comentou a gerente. Além disso, a proposta é continuar incentivando os programas que vêm dando certo, “não é porque mudou o governo que deve mudar a aplicação dos recursos ou os projetos, desde que os mesmos sejam considerados como prioritários para a Agricultura Familiar”, explicou.

A verba de R$ 1 milhão para os novos “territórios” é destinada à viabilização, aquisição de equipamentos, máquinas, enfim em infra-estrutura que venha contribuir com o desenvolvimento territorial.

 

 

MS Notícias

Deixe seu Comentário

Leia Também

ABSURDO - BRASIL
Homem morre em motel durante relação sexual com a filha
VAMOS AJUDAR - COMPARTILHE
Família oferece recompensa de R$ 5 mil a quem encontrar idoso desaparecido
SANGUE FRIO
Marido que ficou em desespero ao saber da morte da esposa é preso e confessa o crime
TRAIÇÃO
Mulher flagra marido com novinha e a faz andar pelada na rua
ENCONTRO ACABA EM MORTE
Moça que foi estuprada e assassinada saiu de casa para se encontrar com um amigo
RAÇA ASSASSINA
Rottweiler mata doze bezerros em propriedade rural
TRAGEDIA NA RODOVIA
Grave acidente envolve três caminhões e um carro na PR 180; uma pessoa morreu
FÁTIMA DO SUL - NESTA QUARTA-FEIRA
Esclarecimentos sobre porte de armas e suas aquisições acontece nesta quarta-feira em Fátima do Sul
ESTUDANTES
Estudantes podem se inscrever no Sisu a partir desta terça-feira
TECNOLOGIA
Clientes de bancos digitais vão poder sacar dinheiro em padarias e supermercados