Menu
SADER_FULL
domingo, 19 de janeiro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
BANNER BET
Brasil

Agricultura Familiar é tema de encontro em Brasília

12 Jul 2004 - 08h04
O debate sobre a agricultura familiar volta à capital dois meses depois do Grito da Terra – manifestação que reuniu cerca de cinco mil líderes trabalhadores rurais ligados à Confederação Nacional dos Trabalhadores em Agricultura (Contag). Desta vez, as discussões serão coordenadas pela Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar (Fetraf), que realiza de hoje a sexta-feira (16) o I Encontro Nacional da Agricultura Familiar.

A Fetraf espera reunir cerca de três mil agricultores no pavilhão do Expo Brasília, no Parque da Cidade. “São 72 ônibus de dez estados e hoje já teremos muitos debates", informou Altemir Tortelli, coordenador geral da Fetraf Sul, região onde a presença da entidade é maior. “Queremos negociar políticas que mudem, de fato, a realidade da agricultura familiar.” Os líderes da Fetraf confiam no interesse do presidente em participar dos debates.

Para eles, o governo federal tem demonstrado disposição para atender às demandas do campo. E um exemplo disso seria o aumento no repasse de verbas para o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), para R$ 7 bilhões. “O setor agroindustrial ainda recebe cerca de R$ 10 bilhões a mais que os agricultores familiares. Esperamos que, em quatro anos, essa diferença diminua”, afirmou Altemir Tortelli. Segundo ele, a reforma agrária continua sendo a parte mais frágil da política do governo para o campo.

“Também precisamos de mudanças profundas na política de crédito agrícola, além de uma revisão no conjunto de projetos destinados à aquisição de produtos da agricultura familiar. A erradicação da fome no Brasil só será possível com o desenvolvimento efetivo desse setor.”

A agricultura familiar é responsável por quase 40% do valor bruto da produção agropecuária brasileira. Mais da metade da mandioca, do feijão e das carnes consumidas no país saem de propriedades familiares. Atualmente, uma das grandes preocupações das lideranças é com a migração de jovens do campo para a cidade em busca de educação e emprego. Os mais engajados têm presença confirmada no encontro desta semana. “A juventude é vida para o movimento. Ela nos torna mais firmes e fortes”, diz o coordenador geral da Fetraf/Sul.
 
 
 
Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA NAS ESTRADAS
Youtuber e peão de rodeio morrem após carro bater em carreta com toras
REALITY SHOW 2020
'BBB 20': conheça os participantes do programa; lista tem famosos da internet
FUJA DO PREJUIZO
Saiba como renegociar planos de celular, TV a cabo e internet
NOVA ANDRADINA - TURISMO
Ciclistas de Nova Andradina pedalam mais de 750 km para chegar ao litoral catarinense
FÉRIAS DOS FAMOSOS
De biquíni, filha de Glória Pires ostenta corpão em férias
CAMPO BELO RESORT - PACOTE ESQUENTA
Esquenta de Carnaval é no Campo Belo Resort, confira o pacote e faça sua reserva
CANCELAMENTO DE BOLSA FAMILIA EM 2019
Governo federal cancelou 1,3 milhão de benefícios do Bolsa Família em 2019 por irregularidades
CELULAR
Brasil é o 3º país em que pessoas passam mais tempo em aplicativos
A CASA CAIU
Mulher acha que marido morreu, busca detetive e descobre traição: 'Agora é ex'
LUTO - IASD
Morre primeiro líder máster de desbravadores investido no Brasil