Menu
SADER_FULL
terça, 22 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Agora para valer, Brasil encara os Estados Unidos

27 Ago 2004 - 07h45
O Brasil volta encarar a sua chave da primeira fase na disputa pelo ouro no torneio masculino de vôlei dos Jogos Olímpicos de Atenas. Das quatro equipes semifinalistas (Brasil, EUA, Itália e Rússia), a seleção só foi suplantada pelos Estados Unidos, mas em partida que não valia mais nada, pois o time do técnico Bernardinho já havia garantido a primeira colocação do Grupo B.

 
Os norte-americanos serão os adversários desta sexta-feira pela semifinal, às 15h30 (de Brasília). Mas isso não preocupa o treinador, que na derrota por 3 a 1 (25/22, 25/23, 18/25 e 25/22) na última segunda-feira pouco utilizou a base tida como titular em Atenas.

"(...) esse jogo não valia nada para a nossa equipe. Entramos desconcentrados, mas nem posso criticar os jogadores por causa disso", havia dito o treinador após a derrota. "Agora, a situação é diferente", diz Bernardinho. 'Não vou dormir enquanto não assistir a pelo menos três vídeos dos Estados Unidos", revelou o treinador após a vitória de ontem sobre a Polônia, que terminou depois da meia-noite no horário de Atenas.

Para Nalbert, titular absoluto antes da contusão e que nos Jogos tem entrado apenas em alguns momentos, diz que serão três as palavras-chave para vencer os Estados Unidos: "paciência, regularidade e agressividade".

"É um jogo em que temos de entrar com tudo. Os Estados Unidos sempre estudam muito os adversários. Temos que ter muita paciência porque eles defendem muito bem, e a bola vai demorar a cair."

Outra coisa que incomoda os brasileiros é a 'arrogância' dos americanos. "Certamente, vão entrar com aquela personalidade forte, que beira a arrogância. Eles (os norte-americanos) andaram falando algumas coisas, mas esse esporte se joga com a bola, e não com palavras", disse Bernardinho, que na época em que era atleta (levantador) vivenciou o auge do voleibol dos Estados Unidos, com o bicampeonato olímpico de 1984-1988.
 
UOL

Deixe seu Comentário

Leia Também

PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho