Menu
LIMIT ACADEMIA
sábado, 23 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Agentes administrativos da PF em MS vão cruzar braços por 48h

26 Abr 2007 - 05h40
Os servidores do setor administrativo da Polícia Federal em Mato Grosso do Sul decidiram mais uma vez pela paralisação total das atividades, por 48 horas, a partir desta quinta-feira, o que na prática significará uma suspensão dos serviços até a próxima quarta-feira em decorrência do feriado do Dia do Trabalho, em 1º de maio. A decisão de parar as atividades em todas as unidades da federação foi tomada pelos servidores na tentativa de mais uma vez pressionar o governo federal que prometeu encaminhar o projeto de reestruturação para o Congresso Nacional até o mês de março, fato que não ocorreu.

Segundo a presidente do Sindicato dos Funcionários Administrativos da Polícia Federal no Estado, Dirce de Souza Dirce, a categoria cansou de aguardar passivamente a iniciativa do governo tendo em vista a interrupção das negociações do projeto no Ministério da Justiça. Em Mato Grosso do Sul são 82 agentes, entre 62 ativos e 10 inativos, totalizando 4,4 mil servidores em todo o País.

Os agentes reivindicam ainda a criação do PECPF (Plano Especial de Cargos da Polícia Federal) e a realização de concurso para os profissionais de administração atuarem na área. Com a paralisação, a emissão de passaportes e de protocolo para o pedido de certificado de antecedentes criminais são os mais prejudicados, já que diariamente passam cerca de 100 pessoas para solicitarem o documento, além de atrasar o setor estrangeiro e de produtos químicos.
 
 
 
 
Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

PEDOFILIA
Babá de 15 anos recebia dinheiro para ter relações com patrão
PREOCUPANTE
Mineradora declara situação de emergência em barragem de Araxá
INTOLERANCIA RELIGIOSA
Delegado solicita ida à casa do 'BBB 19' para interrogar Paula, investigada por intolerância
RESUMO DAS NOVELAS
Mercedes convoca Murilo para uma conversa
CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico