Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 23 de outubro de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Agentes administrativos da PF em MS vão cruzar braços por 48h

26 Abr 2007 - 05h40
Os servidores do setor administrativo da Polícia Federal em Mato Grosso do Sul decidiram mais uma vez pela paralisação total das atividades, por 48 horas, a partir desta quinta-feira, o que na prática significará uma suspensão dos serviços até a próxima quarta-feira em decorrência do feriado do Dia do Trabalho, em 1º de maio. A decisão de parar as atividades em todas as unidades da federação foi tomada pelos servidores na tentativa de mais uma vez pressionar o governo federal que prometeu encaminhar o projeto de reestruturação para o Congresso Nacional até o mês de março, fato que não ocorreu.

Segundo a presidente do Sindicato dos Funcionários Administrativos da Polícia Federal no Estado, Dirce de Souza Dirce, a categoria cansou de aguardar passivamente a iniciativa do governo tendo em vista a interrupção das negociações do projeto no Ministério da Justiça. Em Mato Grosso do Sul são 82 agentes, entre 62 ativos e 10 inativos, totalizando 4,4 mil servidores em todo o País.

Os agentes reivindicam ainda a criação do PECPF (Plano Especial de Cargos da Polícia Federal) e a realização de concurso para os profissionais de administração atuarem na área. Com a paralisação, a emissão de passaportes e de protocolo para o pedido de certificado de antecedentes criminais são os mais prejudicados, já que diariamente passam cerca de 100 pessoas para solicitarem o documento, além de atrasar o setor estrangeiro e de produtos químicos.
 
 
 
 
Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

CIENCIA
A estranha imagem 'que se move' e intriga a internet
DOURADOS - UNIPAR EAD
UNIPAR EAD com cursos de Educação Física, Letras, Marketing e mais 22 cursos, Confira todos aqui
ASSALTO A ONIBUS
Bandidos fortemente armados roubam três ônibus de turismo na BR-116
ACIDENTE FATAL
Mulher morre após colidir e capotar carro; veja vídeo
EMBRIAGADO
Condutor bêbado atropela duas crianças na calçada; menina de 7 anos morreu
NOVELA GLOBAL
'Minha mãe me usou, me prostituiu', lamenta Karola em 'Segundo sol'
SERÁ?
Bolsonora se assume candidato a ditador e oferece aos opositores a cadeia ou o exílio
DISPUTA ACIRRADA
Vox Populi: Distância cai para 6 pontos
AGRESSÃO
Justiça manda penhorar bens de Dado Dolabella para pagar indenização a camareira agredida
HOMICÍDIO - 17 TIROS
Empresário é morto com 17 tiros; acusados estão detidos