Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 11 de dezembro de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Agehab negocia casas irregulares com mutuários

6 Jul 2004 - 10h59
A Junta de Avaliação do Estado (JAE), ligada à Secretaria de Estado de Gestão Pública está avaliando imóveis que não foram colocados à venda na carteira imobiliária do Estado. Esta ação servirá para que uma Comissão Especial de Alienação da Agehab (Agência de Habitação de Mato Grosso do Sul) estude os casos e renegocie a situação de 457 casas, em 43 municípios, que se encontram irregulares. As irregularidades são venda indevida do imóvel e inadimplência.

A comissão, formada por quatro servidores da Agehab, está trabalhando desde de março deste ano. Antes mesmo de ser constituída em publicação no Diário Oficial. No trabalho está sendo levado em consideração, para fins da avaliação, o imóvel como foi entregue para o primeiro mutuário. Benfeitorias e outras mudanças, como pintura e acabamento, estão sendo desconsideradas. A preferência para a legalização das casas é para o mutuário residente.

“Esta renegociação é boa para o Estado que vai arrecadar mais e boa para o morador que regulariza a sua situação e assim tem mais tranqüilidade quanto a sua moradia”, afirmou Amarildo Cruz, diretor-presidente da Agehab. A comissão já está convocando os beneficiários para renegociarem os imóveis. A avaliação e renegociação devem estar concluídas até dezembro deste ano como informou, a comissão.
 
Agência Popular

Deixe seu Comentário

Leia Também

CENTRO ESPÍRITA
Médium é acusado de Abusos Sexuais em crianças
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Nicolau leva surra de chicote no bordel
COVARDIA
Mulher agride menino autista em playground e vídeo viraliza
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Nicolau descobre que Diana luta karatê e fica em choque
ACUMULOU
Ninguém acerta a mega-sena e prêmio acumula em R$ 30 milhões
VIOLENCIA
'Tiro, porrada e bomba': festa em universidade acaba em pancadaria e PM responde com violência
NOVELA GLOBAL
Gabriel confronta Valentina em “O Sétimo Guardião”
ARROCHO
Regra defendida por Bolsonaro tira R$ 1,1 mil por mês das novas aposentadorias
BARBÁRIE
Mulher é presa após atear fogo em cachorro
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Feliciano foi muito rico e ajudou Valentina no passado