Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 16 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Agehab negocia casas irregulares com mutuários

6 Jul 2004 - 10h59
A Junta de Avaliação do Estado (JAE), ligada à Secretaria de Estado de Gestão Pública está avaliando imóveis que não foram colocados à venda na carteira imobiliária do Estado. Esta ação servirá para que uma Comissão Especial de Alienação da Agehab (Agência de Habitação de Mato Grosso do Sul) estude os casos e renegocie a situação de 457 casas, em 43 municípios, que se encontram irregulares. As irregularidades são venda indevida do imóvel e inadimplência.

A comissão, formada por quatro servidores da Agehab, está trabalhando desde de março deste ano. Antes mesmo de ser constituída em publicação no Diário Oficial. No trabalho está sendo levado em consideração, para fins da avaliação, o imóvel como foi entregue para o primeiro mutuário. Benfeitorias e outras mudanças, como pintura e acabamento, estão sendo desconsideradas. A preferência para a legalização das casas é para o mutuário residente.

“Esta renegociação é boa para o Estado que vai arrecadar mais e boa para o morador que regulariza a sua situação e assim tem mais tranqüilidade quanto a sua moradia”, afirmou Amarildo Cruz, diretor-presidente da Agehab. A comissão já está convocando os beneficiários para renegociarem os imóveis. A avaliação e renegociação devem estar concluídas até dezembro deste ano como informou, a comissão.
 
Agência Popular

Deixe seu Comentário

Leia Também

OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário
HORARIO DE VERÃO
Atrase seu relógio! Horário de verão termina neste sábado(16)
CARCERE PRIVADO
Mulher é chicoteada com fio elétrico pelo marido
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Lutador de MMA mata ex de 16 anos, tenta suicídio e morre horas depois em hospital
VIOLENCIA NO RIO
Menina de 11 anos é baleada e morta em Triagem; moradores protestam
DOENÇA GRAVE
Leiliane ganha acompanhamento médico após desastre com Boechat