Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 9 de dezembro de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

AEM/MS oferecerá curso de educação para o consumo

24 Ago 2010 - 10h48Por Assessoria
De 14 a 16 de setembro, a Agência Estadual de Metrologia (AEM/MS), órgão delegado do Inmetro, oferecerá no Sesc Horto o Curso de Formação de Multiplicadores em Educação para o Consumo Sustentável (CFM).

O curso faz parte do projeto Formação de Multiplicadores em Educação para o Consumo, iniciativa da Diretoria da Qualidade do Instituto Nacional de Metrologia e Qualidade Industrial (Inmetro) que tem como finalidade formar em todo país multiplicadores dos conceitos de educação para o consumo.

Segundo a gestora do projeto no Centro-Oeste, Kátia Facina, a proposta é estimular o desenvolvimento da cidadania. “Pretendemos com essa formação, conscientizar os participantes a atuarem como indutores no processo de educação para o consumo responsável”, destaca.

Com duração de 24hs, serão debatidos assuntos sobre saúde e segurança, meio ambiente e consumo, ética no consumo e direito do consumidor. Além de palestras, serão realizadas oficinas. O número de vagas é limitado e o investimento para a inscrição é de 1kg de alimento não perecível.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VICENTINA - ALMOÇO NO PESQUEIRO
Pesqueiro 7 Bello serve delicioso almoço com pratos típicos do peixe neste domingo em VICENTINA
COVARDIA
Mulher agride menino autista em playground e vídeo viraliza
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Nicolau descobre que Diana luta karatê e fica em choque
ACUMULOU
Ninguém acerta a mega-sena e prêmio acumula em R$ 30 milhões
VIOLENCIA
'Tiro, porrada e bomba': festa em universidade acaba em pancadaria e PM responde com violência
NOVELA GLOBAL
Gabriel confronta Valentina em “O Sétimo Guardião”
ARROCHO
Regra defendida por Bolsonaro tira R$ 1,1 mil por mês das novas aposentadorias
BARBÁRIE
Mulher é presa após atear fogo em cachorro
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Feliciano foi muito rico e ajudou Valentina no passado
SE DEU MAL
Assaltante é morto após fazer idosa de 83 anos refém no Rio de Janeiro