Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 22 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
FÁTIMA DO SUL

Advogado de cirurgião Fatimassulense contesta interdição do CFM

4 Jun 2010 - 13h50Por Campo Grande News

O advogado do médico acusado da morte de uma paciente após uma lipoaspiração entrou com mandado de segurança para que o profissional possa exercer a profissão. Nesta quarta-feira, Alexsandro de Souza recebeu interdição cautelar do CFM (Conselho Federal de Medicina) e não pode atuar por ora na medicina.

Segundo Leandro de Moura, que representa judicialmente Alexsandro, a decisão é abusiva e temerária. “O Conselho de Medicina é um órgão fiscalizador, que não pode interditar ou impedir um profissional de exercer seu ofício”, explicou o advogado.

O advogado reitera que o médico deve ter permissão para continuar exercendo a clínica geral e cirurgia geral. “Entendemos que as questões relacionadas à cirurgia plástica devem ser investigadas e somente isso deve ficar restrito”, pondera Leandro, que ratifica que as provas colhidas contra o médico são frágeis e inconclusivas.

“Não há comprovação de negligência, imprudência ou imperícia por parte do meu cliente. Este caso merece atenção e ele tem direito a continuar trabalhando”, disse Leandro. O mandado de segurança foi impetrado na 4ª Vara de Justiça Federal de Campo Grande.

Alexandro de Souza é acusado de ser o responsável pela morte de Cristiane Medina Dantas, de 24 anos, após uma lipoaspiração realizada em junho de 2008 em Fátima do Sul, a 246 quilômetros de Campo Grande.

Leandro contou que o mandado de segurança conta com depoimento da prefeita de Fátima do Sul, Ilda Machado, e do diretor do hospital da cidade, reforçando a idoneidade de Alexsandro. O advogado confirmou que o médico é habilitado para cirurgia plástica pela Sociedade Brasileira de Medicina Estética, na regional do Rio Grande do Sul.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho