Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 22 de agosto de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Adriano e Luis Fabiano lideram a seleção contra o Paraguai

14 Jul 2004 - 09h03
Dois atacantes prodígios dão as cartas na seleção brasileira que, nesta quarta-feira à noite, às 21h45, contra o Paraguai, tenta ser a única das 12 equipes sul-americanas a obter 100% dos pontos na Copa América.

Com o ataque titular, Carlos Alberto Parreira busca garantir o primeiro lugar do Grupo C para jogar em Tacna, cidade a 300 km de Arequipa, localizada ao nível do mar --basta um empate.

De Adriano, 22, e de Luis Fabiano, 23, saíram quatro dos cinco gols do Brasil no Peru --apenas o zagueiro Juan se juntou à dupla.

Mas os números do ataque titular da seleção B são ainda mais impressionantes. Eles são, em média, mais efetivos do que os dos dois maiores astros do futebol nacional, Ronaldo e Ronaldinho.

As trajetórias de Luis Fabiano e Adriano com a camisa amarela são parecidas. Marcaram seis gols cada um. O primeiro atuou, em nove partidas, 599 minutos. O segundo, em 11 jogos, 602 minutos.

Ou seja: os atacantes precisam, em média, de cem minutos para vazar a meta adversária. Segundo maior artilheiro da seleção em atividade --só perde para Romário--, Ronaldo balançou as redes 56 vezes nas mais de 112 horas em que defendeu o país. Em média, o astro do Real Madrid precisou de 120 minutos para marcar.

Seu companheiro de ataque na seleção principal e principal ídolo do Barcelona, Ronaldinho tem média bem inferior. Fez 19 gols nos 3.078 minutos em que atuou --um tento a cada 162 minutos.

Questionado sobre os números, Adriano preferiu ser político e elogiou Ronaldo. "Ele já fez muito pela seleção, ganhou duas Copas, é reconhecido como um dos melhores do mundo. Eu estou no começo da minha carreira aqui, cavando o meu espaço. Preciso fazer muito para chegar perto dele", disse o atacante da Inter de Milão.

O camisa 7 da seleção no Peru afirmou ainda que Ronaldo é um de seus ídolos e que tem muito a agradecer ao amigo. Quando ele foi para Milão, com apenas 19 anos, foi o astro quem lhe deu as primeiras dicas. Também deixou seu secretário particular à disposição do novato. "Ele me apoiou muito, foi muito importante na minha carreira", lembrou.

Para atingir os seis gols com a seleção, Adriano foi mais rápido que o ex-companheiro de Inter. Precisou de 11 jogos para chegar à marca. Ronaldo só marcou o sexto tento após 13 partidas.

O também prodígio Luis Fabiano, que, segundo disse em Arequipa, será companheiro de Ronaldinho no Barcelona, foi mais rápido. Chegou a seis gols no oitavo jogo com a seleção.

"Estou contente com o meu desempenho. Acho que estou mostrando o meu valor também na seleção", afirmou o atacante, que não foi bem contra a Costa Rica, mas decidiu a vitória sobre o Chile, na estréia no sul-americano.

Apostas de Parreira, Luis Fabiano e Adriano convivem bem com a sombra de Vágner Love, que tem se destacado nos treinos em Arequipa. O jogador da Inter chegou a dizer que já barrou o italiano Vieri e que não tem medo de perder a posição. O ex-palmeirense, por seu lado, ficou decepcionado com sua performance contra a Costa Rica. "Sei que posso jogar mais. Quero outra chance."

BRASIL
Júlio César; Maicon, Cris, Luisão e Gustavo Nery; Renato, Júlio Baptista, Kleberson e Alex (Edu); Luis Fabiano e Adriano.
Técnico: Carlos Alberto Parreira

PARAGUAI
D. Barreto; González, Benítez, Gamarra e Cristaldo; Dos Santos, E. Barreto, Paredes e Torres; Figueredo (Villalba) e Haedo.
Técnico: Carlos Jara

Local: estádio Monumental, em Arequipa (PER)
Horário: às 21h45 (de Brasília)
Juiz: Gilberto Hidalgo (PER)
 
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

FATALIDADE
Menina de 7 anos é atacada por pitbull e morre na casa dos avós
CRIMINOSO FORAGIDO
Ataque com machadinha deixa alunos e professora feridos em escola
POLEMICA II
Após polêmica, deputado diz que não existe PL de poliamor ou casamento entre mães e filhos
CONFISSÃO
Filhos investigam e descobrem que pai matou a mãe há 37 anos
MAL SUBITO
Policial militar tem mal súbito e morre no mesmo dia que descobriu que seria pai
NOVELA GLOBAL
Régis oferece vender loja para dar dinheiro a Maria da Paz em 'A dona do pedaço'
POLÊMICA
Vale Tudo: projeto libera casamento entre mães e filhos e revolta MS
100 VERBAS
Emissão de CPF e restituição do IR podem ser suspensas pela Receita
100 PENA
'Não tem que ter pena', diz Jair Bolsonaro sobre uso de atirador de elite após sequestro de ônibus
ACIDENTE TRÁGICO
Morte de três profissionais em acidente comove a cidade