Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 16 de fevereiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Adolescente foi assassinada com 22 facadas em Dourados

14 Ago 2010 - 09h45Por Dourados News

A adolescente Ydayana Senna da Costa de 17 anos foi assassinada na noite de ontem com 22 facadas. Segundo informações ela foi assassinada pelo ex-namorado Anderson de Oliveira Machado de 20 anos, na noite de ontem ele foi até a escola buscar a menor que estava com a irmã de 12 anos, os três seguiram para a casa de Ydayana. 

 No caminho Machado convidou a garota para comer um lanche, mas ela não aceitou e quando chegou à frente da casa na rua Uruguai em frente ao número 17 o rapaz entregou um bilhete que estava escrito “ você me matou com a mentira e agora eu vou te matar com a verdade” quando a adolescente começou a ler o bilhete ele partiu para cima dela com uma faca.  

Ela foi atingida com três golpes no pescoço, um no abdômen, um no peito, um no tórax, três nas costas, um na mão esquerda e outra ma perna direita. Outras 11 facadas foram de raspão pelo corpo da adolescente.

Segundo informações o ex-namorado da garota está foragido e desde a manhã de hoje está ligando para o telefone celular e encaminhando mensagens a ameaçando Ydayana.


Deixe seu Comentário

Leia Também

OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário
HORARIO DE VERÃO
Atrase seu relógio! Horário de verão termina neste sábado(16)
CARCERE PRIVADO
Mulher é chicoteada com fio elétrico pelo marido
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Lutador de MMA mata ex de 16 anos, tenta suicídio e morre horas depois em hospital
VIOLENCIA NO RIO
Menina de 11 anos é baleada e morta em Triagem; moradores protestam
DOENÇA GRAVE
Leiliane ganha acompanhamento médico após desastre com Boechat