Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 20 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Acusado de matar a esposa e a sogra é condenado a 29 anos de prisão

15 Out 2010 - 09h03Por Nova News

Foi realizado nesta quinta-feira em Batayporã o júri de Paulo Henrique de Souza, mais conhecido como Paulinho, apontado como o autor dos golpes de faca que assassinaram sua esposa Cleonice dos Santos e sua sogra Tereza de Fátima Pereira dos Santos, no dia 04 de novembro de 2009.

Paulinho, que foi preso em Batayporã dois meses depois, tentando se esconder na casa de uma sobrinha, também era acusado de tentar assassinar seu ex-sogro, Santo Vitório dos Santos.

O júri foi presidido pela juíza Ellen Priscile Xandu Kaster Franco que fez a leitura da sentença que condenou Paulo Henrique a 29 anos de prisão em regime fechado.

O acusado recebeu pena de 13 anos de prisão pelo assassinato de sua ex-esposa, Cleonice; 12 anos e seis meses pelo assassinato de sua ex-sogra, Terezinha, e mais 04 anos pela tentativa de homicídio praticado contra seu ex-sogro, Santos.

O momento mais marcante do júri foi quando a juíza proferiu a sentença e o acusado, após pedir permissão para se manifestar, se ajoelhou diante dos familiares das vítimas e pediu desculpas, dizendo que estava  arrependido.

Paulo Henrique cumprirá pena no presídio Harry Amorim Costa, na cidade de Dourados.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BBB 19
Rízia chora por estar acorrentada: 'Vontade de desistir'
LARANJADA
Deputados do PSOL distribuem laranjas na chegada de Bolsonaro à Câmara
AMOR A PROFISSÃO
Pedreira caprichosa viraliza com trabalho detalhista e ganha novos clientes
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
O Boticário apresenta Quasar Brave, venha conferir no O Boticário em Fátima do Sul
SUPERAÇÃO
Jovem que morou 5 anos nas ruas se forma em Direito
FENÔMENO
Maior superlua de 2019 iluminará o céu nesta terça, 19
FAMOSIDADES
Padre sertanejo acusado de ostentação cobra entrada de idosos para assistir programa
ACIDENTE FATAL
Adolescente é atropelada quando levava pai em cadeira de rodas, veja o vídeo
VIOLENCIA DOMESTICA
'Não consigo reconhecê-la', diz irmão de mulher espancada no 1° encontro
O REI ROBERTO CARLOS
Roberto Carlos vestiu rosa e se mostrou contrário a projeto de Jair Bolsonaro