Menu
PASSARELA
terça, 17 de julho de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Acadêmicos se mobilizam pelo professor acusado de racismo

22 Set 2004 - 14h37

Um grupo de mais de 100 alunos da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) em Nova Andradina está se mobilizando através de um abaixo-assinado em favor do professor de Física Acriano Manoel dos Santos, recentemente acusado por um universitário de Ivinhema, de racismo. O aluno fez a acusação porque o professor estaria contanto piadas sobre negros, homosexuais e índios em sala de aula.

As alunas Leia Alves e Marilucia Vieira, que integram a comissão pelo professor, disseram esta manhã que em nenhum momento houve denúncia contra o professor em unidade de Nova Andradina, diferente do que vinha sendo veiculado pela mídia. De acordo com elas, o professor não teria feito brincadeiras que pudessem atingir a moral de alguém e as acadêmicas também reclamam de os alunos de Nova Andradina não terem sido ouvidos no caso. Os acadêmicos pretendem encaminhar moção de apoio ao professor aos órgãos competentes do Estado.

 

 

 

 

 

 

Dourados News

Deixe seu Comentário

Leia Também

GRANA
Governo antecipa primeira parcela do 13º de aposentados e pensionistas
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Severo é preso e humilha Roberval
FUTEBOL PELO MUNDO
Real Madrid se recusa a permitir que Vinícius Júnior permaneça no Flamengo até o final de 2018
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Luzia descobre que seu filho com Beto não morreu
CONCURSOS - OPORTUNIDADES
Concurso: 13 órgãos abrem as inscrições para 1,9 mil vagas nesta segunda
FOI SALVAR O MELHOR AMIGO
Jovem morre afogado após pular em rio para tentar salvar cachorro
EDUCAÇÃO - FIES - INSCRIÇÕES
Fies abre inscrições nesta segunda com 155 mil vagas para 2º semestre
BOA NOTICIA
Preço da gasolina nas refinarias cai para R$ 1,997
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Karola vira escrava sexual de Remy
BRIGA DE RUA
Homem morre pendurado em grade