Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 21 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Acadêmicos se mobilizam pelo professor acusado de racismo

22 Set 2004 - 14h37

Um grupo de mais de 100 alunos da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) em Nova Andradina está se mobilizando através de um abaixo-assinado em favor do professor de Física Acriano Manoel dos Santos, recentemente acusado por um universitário de Ivinhema, de racismo. O aluno fez a acusação porque o professor estaria contanto piadas sobre negros, homosexuais e índios em sala de aula.

As alunas Leia Alves e Marilucia Vieira, que integram a comissão pelo professor, disseram esta manhã que em nenhum momento houve denúncia contra o professor em unidade de Nova Andradina, diferente do que vinha sendo veiculado pela mídia. De acordo com elas, o professor não teria feito brincadeiras que pudessem atingir a moral de alguém e as acadêmicas também reclamam de os alunos de Nova Andradina não terem sido ouvidos no caso. Os acadêmicos pretendem encaminhar moção de apoio ao professor aos órgãos competentes do Estado.

 

 

 

 

 

 

Dourados News

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos