Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 23 de abril de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Acadêmicos se mobilizam pelo professor acusado de racismo

22 Set 2004 - 14h37

Um grupo de mais de 100 alunos da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) em Nova Andradina está se mobilizando através de um abaixo-assinado em favor do professor de Física Acriano Manoel dos Santos, recentemente acusado por um universitário de Ivinhema, de racismo. O aluno fez a acusação porque o professor estaria contanto piadas sobre negros, homosexuais e índios em sala de aula.

As alunas Leia Alves e Marilucia Vieira, que integram a comissão pelo professor, disseram esta manhã que em nenhum momento houve denúncia contra o professor em unidade de Nova Andradina, diferente do que vinha sendo veiculado pela mídia. De acordo com elas, o professor não teria feito brincadeiras que pudessem atingir a moral de alguém e as acadêmicas também reclamam de os alunos de Nova Andradina não terem sido ouvidos no caso. Os acadêmicos pretendem encaminhar moção de apoio ao professor aos órgãos competentes do Estado.

 

 

 

 

 

 

Dourados News

Deixe seu Comentário

Leia Também

REVOLTANTE
Menina de seis anos que sumiu enquanto dormia é achada morta
100 GREVE
Governo fecha acordo com caminhoneiros e evita paralisação
CRÔNICA DA SEMANA
CRÔNICA DA SEMANA: 'Precisamos redescobrir o Brasil', por Luciano Gazola
CRUELDADE
Criança tinha o pênis amarrado com elástico e era torturada pelo pai e a madrasta
MORTE TRÁGICA
Adolescente de 13 anos morre após sofrer queda de bicicleta
ESTAVA FORAGIDO
Homem que matou esposa na Sexta-feira Santa morre em acidente 03 dias depois
FEMINICIDIO
Advogada é assassinada a facadas por marido após discussão
100 LUZ
Giselle Itié lamenta a morte de outro ex-namorado em apenas três meses
CENSURADO
Video com ataques de Olavo a Militares é excluido das Redes de Bolsonaro
DOENÇA DO SÉCULO
Yasmim Gabrielle, do ‘Programa Raul Gil’, se suicida após depressão