Menu
LIMIT ACADEMIA
sexta, 18 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Abuso econômico ainda é desafio para justiça

28 Set 2004 - 15h13
O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Sepúlveda Pertence, declarou hoje que o processo de identificação do eleitor e a contenção do abuso político e econômico ainda são os principais desafios da justiça eleitoral no Brasil. Para Sepúlveda, o cidadão deve ter uma identificação civil moderna que possa ser utilizada também como identificação eleitoral.

Na avaliação do presidente do TSE, os processos em curso na justiça eleitoral indicam que ainda persiste o abuso político e econômico no processo eleitoral brasileiro. Sepúlveda defende o financiamento público de campanha como forma de diminuir a influência do poder econômico durante as eleições. Segundo o ministro, há financiamentos privados legítimos, mas o financiamento de grandes empresas, sobretudo aquelas que possuem contratos com o Estado, “é falsamente gratuito”. “Não é nenhuma referência a Brasil, nem a acontecimentos de hoje. É uma verificação da ciência política em todo o mundo”, declarou.

De acordo com Pertence, uma das preocupações diz respeito ao financiamento eleitoral proveniente do narcotráfico. “Não estou falando do Brasil, diga-se bem claro”. Sepúlveda Pertence disse que a corrupção eleitoral ainda é grande, embora a lei 9.840 tenha permitido que, nas últimas eleições municipais, mais de uma centena de candidatos tivessem seu registro cassado devido ao crime eleitoral. De acordo com a lei 8.940, é crime a doação, oferta, promessa ou entrega ao eleitor de bem material ou vantagem pessoal de qualquer natureza. O candidato que compra votos pode pagar multa que varia de R$ 15 mil a R$ 60 mil e pode ter seu registro ou diploma cassado.

Durante o “Ciclo de Conferências Unilegis 2004” realizado hoje, Sepúlveda Pertence destacou que, embora as eleições municipais sejam as mais “apaixonadas e emocionais”, até agora, “a tranqüilidade é muito grande”. “Há fatos e questões extremamente pontuais e que estão sendo administradas satisfatoriamente”, completou.
 
 
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos
LUTO NA MÚSICA
Cantor sertanejo Marciano morre aos 67 anos, vítima de enfarto
CARNAVAL É NO CAMPO BELO RESORT
Carnaval é no Campo Belo Resort, reserve já seu lugar nesse bloco - Confira os pacotes
MS EM ALERTA
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana no MS
DECEPCIONADA
Regina Duarte surpreende e se posiciona contra atitude de Bolsonaro
SATÂNICO
Mulheres são presas acusadas de torturar criança de apenas dois anos que teve rosto desfigurado
INSPIRAÇÃO
Idoso se forma em Direito aos 94 anos, após morte da esposa
POLEMICA
Movimento Gay quer tirar Bíblia de circulação no Brasil, diz Damares