Menu
SADER_FULL
quinta, 17 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

"A abertura do comércio aos domingos" de Antonio Néres

26 Ago 2004 - 13h43

"A abertura do comércio aos domingos"

Antonio Néres*

As mudanças estruturais na economia mundial, criando uma nova revolução tecnológica, com a globalização dos mercados e as políticas de ajustes impostam pelos governos dos países latino-americanos, acabaram gerando uma degradação das condições materiais e de emprego para a maioria da população. O processo de globalização tem gerado um debate sobre a necessidade de mudanças nas instâncias políticas de âmbito mundial, como é o caso da ONU e das políticas e dos programas de desenvolvimento. Como resposta a essa conjuntura, está correto propormos um novo paradigma: o desenvolvimento humano combinando índices de educação, saúde, esperança de vida e emprego.

Nas cidades em que o poder público pode estimular alternativas que compatibilizem o tecido econômico local já existente com os atrativos culturais de lazer, promovendo as cidades e fomentando a geração de empregos, as respostas em geral são imediatas e beneficiam a população.

Essa tese demonstra o momento oportuno para a promoção do debate em torno da flexibilização no horário de funcionamento do comércio em Dourados aos domingos. É preciso deixar bem claro que essa discussão, em nenhum momento, determinou ou sugeriu a extensão da jornada de trabalho dos atuais empregados. Ao contrário, essa iniciativa, caso seja implementada, terá como um dos principais objetivos justamente a admissão de novos postos de trabalho.

O poder público deve criar mecanismos que possam garantir esses novos empregos. Trata-se de uma forma de combater os índices crescentes do desemprego, que atingiu patamares elevadíssimos, nos últimos anos.

Não se trata de um conflito entre lojistas e comerciários. Trata-se de um tema muito mais amplo, com reflexos e expectativas que envolvem toda a sociedade.

A população de Dourados e região será beneficiada com a adoção de um processo de promoção da cidade e desenvolvimento local, na busca de geração de empregos e crescimento econômico.

Entendo que a Câmara Municipal e outros segmentos da sociedade devem colocar  na pauta das discussões o assunto, discutindo com a sociedade, com as partes interessadas e sobretudo com a população. Temos que pensar grande. Só assim, colocaremos Dourados, na condição de uma cidade verdadeiramente  voltada para um futuro mais promissor.

Estive em Paris e lá quem quiser abrir seu estabelecimento comercial aos domingos que o faça, desde que se respeite a legislação trabalhista. Assim é também em outras grandes cidades, como Porto Alegre, que regulamentou a abertura do comércio aos domingos e até no aniversário da cidade.

Dourados é uma cidade próspera e com toda certeza, dentro de alguns anos será a mais importante do Estado.
E, para que isso aconteça, é precisa que haja um pouco mais de lucidez, por parte dos nossos homens públicos. A cegueira ideológica, não pode de forma e de maneira nenhuma, atrapalhar projetos que possam significar a abrangência dos horizontes de um povo. Dourados, precisa assumir urgentemente sua condição de cidade líder regional. Já perdemos muito tempo.

O Êxito alcançado pelo Centro Mix, o entusiasmo dos comerciantes, a alegria contagiante do presidente da ACID, Jairo de Osti e o sucesso de público e de vendas do evento, são ingredientes bastante significativos para reforçar a idéia de que a abertura do comércio aos domingos trará enormes benefícios para toda a sociedade douradense. Quem viver verá!
            

O autor é radialista e jornalista

Deixe seu Comentário

Leia Também

CARNAVAL É NO CAMPO BELO RESORT
Carnaval é no Campo Belo Resort, reserve já seu lugar nesse bloco - Confira os pacotes
MS EM ALERTA
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana no MS
DECEPCIONADA
Regina Duarte surpreende e se posiciona contra atitude de Bolsonaro
SATÂNICO
Mulheres são presas acusadas de torturar criança de apenas dois anos que teve rosto desfigurado
INSPIRAÇÃO
Idoso se forma em Direito aos 94 anos, após morte da esposa
POLEMICA
Movimento Gay quer tirar Bíblia de circulação no Brasil, diz Damares
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem atira em esposa e se mata com granada
SUPERAÇÃO
Pedreiro cadeirante enfrenta difilculdades e sustenta a família trabalhando em obras
GASES MORTAIS
Homem morre após segurar peidos na casa da namorada
REALITY SHOW
'BBB 19': Danrley diz ser virgem, e irmã brinca: 'Nem no signo'