Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 23 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

90% dos municípios serão obrigados a construir aterro sanitário em MS

4 Ago 2010 - 12h57

A nova lei sancionada na segunda-feira pelo presidente da República Luiz Inácio da Silva vai acabar com os ‘lixões’ a céu aberto e obrigar as prefeituras de todo o país a implantarem aterros sanitários até 2014.

A medida vai atingir diretamente pelo menos 90% dos municípios de Mato Grosso do Sul, que ainda não possuem a estrutura adequada para o tratamento dos resíduos sólidos. Atualmente, dos 78 municípios do Estado, apenas Dourados, Três Lagoas, Naviraí e Aquidauana já estão com seus aterros sanitários em funcionamento.

Nem mesmo Campo Grande, que é a capital do Estado e possui uma população estimada em pelo menos 700 mil habitantes, conta com um espaço adequado para a armazenagem e tratamento do lixo produzido diariamente. Atualmente, todo o resíduo sólido produzido na capital é despejado em um lixão á céu aberto localizado na saída para Sidrolândia, nas proximidades presídio federal. A falta de um aterro sanitário é apontada como um dos principais problemas enfrentados por Campo Grande.

No entanto, diversos municípios de MS já garantiram recursos federais ou estão elaborando projetos para a construção dos aterros sanitários. Entre os municípios que vão receber a estrutura estão Três Lagoas, Glória de Dourados, Costa Rica, Aral Moreira, Anastácio, Ivinhema, Angélica, Corumbá e Nova Andradina.

Ontem, o Diário MS tentou contato com a coordenação do Imasul (Instituto de Meio Ambiente do Mato Grosso do Sul) para levantar informações sobre a situação dos aterros sanitários já existentes no Estado e sobre os municípios que estão se preparando para implantar a estrutura. No entanto, a reportagem não obteve sucesso, já que a responsável pelo setor estava em reunião e não pode fornecer as informações.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

PEDOFILIA
Babá de 15 anos recebia dinheiro para ter relações com patrão
PREOCUPANTE
Mineradora declara situação de emergência em barragem de Araxá
INTOLERANCIA RELIGIOSA
Delegado solicita ida à casa do 'BBB 19' para interrogar Paula, investigada por intolerância
RESUMO DAS NOVELAS
Mercedes convoca Murilo para uma conversa
CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico