Menu
SADER_FULL
segunda, 21 de maio de 2018
RIO_DOURADOS
Busca
ITALÍNEA
BRASIL

49,5% das creches do país têm nível inadequado, diz pesquisa

15 Jun 2010 - 06h02Por G1

Pesquisa sobre a educação infantil no Brasil mostra que 49,5% das creches têm qualidade inadequada, com nota entre 1 e 3 em uma escala que vai até 10. Na pré-escola este nível é de 30,4%, afirma estudo da Fundação Carlos Chagas, feito em parceria com o Ministério da Educação (MEC) e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

A pesquisa foi realizada em 147 escolas, na sua maioria da rede municipal, mas também inclui conveniadas e particulares. O estudo de campo foi feito no segundo semestre de 2009 em Belém, Campo Grande, Florianópolis, Fortaleza, Rio de Janeiro e Teresina. Os dados foram apresentados em seminário em São Paulo, que ocorre entre esta segunda-feira (14) e a terça-feira (15).

De acordo com o estudo, 37,4% das creches têm qualidade básica, com nota de 3 a 5, 12,1% têm nível adequado, com nota de 5 a 7, e apenas 1,1% têm nível bom, com nota de 7 a 8,5. No caso da pré-escola, 42% das escolas mostraram nível básico de qualidade, com nota de 3 a 5, 23,9% têm nível adequado, com nota 5 a 7, e 3,6% têm nível bom, com nota de 7 a 8,5.

A média geral de notas dadas para a qualidade das creches, em uma escala de 0 a 10, foi de 3,3. As sub-escalas de avaliação incluíam espaço e mobiliário, rotinas de cuidado especial, falar e compreender, atividades, interação, estrutura do programa e pais e equipe.

O pior quesito de qualidade foi a parte de atividades, com nota 2,2. Incluem-se nesse item questões como música e movimento e natureza e ciências, que são quase inexistentes nas creches. “Há poucas atividades. As crianças passam longos períodos ociosas”, afirmou a pesquisadora da Fundação Carlos Chagas, Maria Malta Campos.

O ponto forte foi a interação, com nota 5,7. “Está relacionado à supervisão do trabalho e à segurança da criança”, disse a pesquisadora Eliana Bhering, da Fundação Carlos Chagas. O estudo foi coordenado pela pesquisadora da Universidade de São Paulo (USP), Maria Clotilde Rossetti-Ferreira.

Na pré-escola, a nota média foi de 3,4, com resultado parecido para atividades, com nota 2,3 e para interação, com 5,6.

Segundo Maria Malta, os resultados mostram a necessidade de trabalho para melhorar a qualidade. “Existem vários fatores a serem considerados, principalmente a formação dos professores”, afirmou. Menos de 5% do conteúdo dos cursos de pedagogia fala sobre a educação infantil, de acordo com Maria Malta.

A secretária da Educação Básica do Ministério da Educação (MEC), Maria do Pilar Lacerda Almeida e Silva, disse que o governo federal sabe que grande parte dos profissionais que trabalham com educação infantil não tem ensino fundamental. “Estamos investindo na formação desses profissionais. Até o final de 2011, teremos 23 mil formados no ensino médio”, disse.

Para a professora da Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, Sharon Lynn Kagan, que comentou os dados da pesquisa no seminário, entre itens essenciais para a melhoria da qualidade, como financiamento, engajamento dos pais e ligações da escola com a área da saúde, está o desenvolvimento dos profissionais. “As pessoas precisam ser bem treinadas”, disse.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DISCUSSÃO VIRA MORTE
Discussão entre vizinhos por som alto termina em tragédia
LUTO NA MODA
Morre Nara Almeida, modelo e influenciadora digital aos 24 anos nesta 2ª feira
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Roberval se envolve com Laureta, dá golpe e foge com joias roubadas
APOCALIPSE
André (Sidney Sampaio) vasculha a casa de Estela (Lisandra Souto) e faz ameaças a ela e a Talita (La
FÁTIMA DO SUL - PARALISAÇÃO NACIONAL
Caminhoneiros prometem fechar rodovia nesta segunda-feira das 07h às 18h em Fátima do Sul
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Luzia descobre armação de Karola contra ela
EMOCIONANTE
Alunos arrecadam dinheiro para professor cearense que não recebe salário há mais de 2 meses
TRAIÇÃO
Jovem desabafa sobre traição de mãe com marido: "Fui largada para morrer na UTI"
FATALIDADE
Aluno de 12 anos morre após ser atingido por trave de gol
HEROI
‘Perdeu tiozão”: guarda municipal impede assalto a loja e troca tiros com suspeitos