Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 20 de março de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

18 mil tiram a roupa para fotógrafo no México

7 Mai 2007 - 09h02
O frio da manhã não desencorajou milhares de pessoas a se concentrarem no Zocalo, a praça central da Cidade do México, para tirar a roupa. A praça tem grande simbolismo histórico. Nela fica a Catedral Metropolitana e o Palácio do Governo.

Os modelos amadores deitaram no chão, se levantaram e fizeram uma saudação guiados pelo artista, Spencer Tunick. A contagem oficial é de 18 mil pessoas - a maior já conseguida pelo artista, que chegou a organizar um evento desse tipo em São Paulo.

O recorde anterior era Barcelona, onde, há 4 anos ele conseguiu reunir 7 mil pessoas que tiraram a roupa e foram fotografadas.

Mas Tunick acha que números não contam. Ele disse que cria formas com corpos humanos, e sua arte é abstrata, "é uma performance, uma instalação".

"O importante é que ocupei o meu espaço, fiz a minha arte e isso foi maravilhoso", concluiu.

Nos Estados Unidos, Tunick foi preso várias vezes por organizar as fotos de pessoas nuas, mas no México teve apoio do governo. A praça Zocalo foi até cercada para que os participantes pudessem tirar a roupa com alguma privacidade.

"No começo fiquei muito nervoso. Todo mundo olhava em volta para ver quem estava fazendo isso. Depois que todos ficaram nus, houve um sentimento bom de união", disse Jorge Salgado, que participou do evento.

O próximo cenário para as fotos de Tunick é Amsterdã, na Holanda, no mês que vem. Os modelos amadores não recebem cachê, só uma foto assinada. No México, Spencer Tunick vai ter muita foto para distribuir.

Na América Latina, ele pensa em organizar um evento do tipo na Colômbia.

 

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSÉDIO SEXUAL
Homem é morto a tiros após assediar mulher casada
FATALIDADE
Mulher morre ao cair de pé de abacate e bater cabeça na linha do trem
MANIACO SEXUAL
Pai flagra estupro da filha dentro de casa usando o celular, suspeito foi preso
FAMOSIDADES
Quem era Bettina antes do R$ 1 Milhão: Ela foi professora de balé, modelo e panfleteira
MENTOR DO MASSACRE
Polícia de Suzano apreende menor suspeito de planejar ataque
INTERNADO
Criança de 4 anos cai em poço de cinco metros de profundidade
RESGATADO
Cão abandonado em ilha estava sendo comido vivo por urubus
SEXTUPLOS
Americana dá à luz seis bebês em nove minutos
TRAGÉDIA EVITADA
Garoto de 11 anos leva faca na mochila para matar colega no ônibus escolar
ALERTA AOS PAIS
Menino de quatro anos corta os pulsos em Goioerê e pode ser influência da Momo